COBERTURA ESPECIAL - Pandemic War - Defesa

16 de Abril, 2020 - 12:00 ( Brasília )

Forças Armadas completam 25 dias mobilizadas no combate à pandemia de coronavírus


Mariana Alvarenga, Tenente Franklin e Tenente Bueno.


Operação Covid-19 chega ao 25º dia de atividade com a mobilização de mais de 28 mil militares por todo o Brasil. Homens e mulheres das Forças Armadas atuam no enfrentamento à pandemia do coronavírus em apoio à população. Até o momento, são empregadas 816 viaturas, 71 embarcações e 26 aeronaves.

As ações envolvem descontaminação de espaços públicos, doações de sangue, transporte de medicamentos e equipamentos de saúde, distribuição de kits de alimentos para pessoas de baixa renda, entre outras. Na execução dessas atividades, os militares atuam organizados em 10 Comandos Conjuntos que cobrem todo o território nacional. Esses Comandos Conjuntos reúnem militares das três Forças (Marinha, Exército e Aeronáutica), que desenvolvem esforços no cumprimento das missões.

O Comando Conjunto Bahia, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), recebeu a doação de 300 máscaras de proteção facial do tipo face shield. Elas serão utilizadas pela tropa e são de suma importância para a execução das atividades desenvolvidas na operação. Também foram recebidas mais 1.500 máscaras do mesmo modelo para distribuição a hospitais públicos de 16 municípios baianos.

Na Região Norte, em Itaituba (PA), militares fizeram higienização nas imediações do Aeroporto Municipal, em parceria com a prefeitura. Também foi realizada triagem dos passageiros que chegavam.

Em João Pessoa (PB) e Natal (RN), foram distribuídos kits alimentação a crianças e jovens atendidos pelo Programa Forças no Esporte (Profesp). Além disso, o Comando Militar Rio Grande do Norte e Paraíba vêm apoiando com pessoal o SENAI/RN para produção de máscaras acrílicas, que serão doadas aos órgãos de saúde e segurança pública.

No Sudeste, em Montes Claros (MG), alunos do Profesp também receberam kits alimentação. No Rio de Janeiro (RJ), militares da Marinha realizaram a descontaminação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Na Região Sul, em Porto Alegre (RS), militares realizam o carregamento de 24 toneladas de alimentos para serem levados para o município de Santa Maria. Esses mantimentos serão doados a famílias de baixa renda do município.

Na Região Nordeste, em Maceió (AL), um respirador de baixo custo é fabricado sob coordenação do sargento do Exército Rodrigo Costa dos Santos. De forma voluntária, ele teve a iniciativa a partir de uma engenharia inovadora, com o uso do amb, um tipo de reanimador manual, como princípio de funcionamento.

A Força Aérea Brasileira (FAB) também não mede esforços nessa Operação. Aeronaves da FAB foram acionadas nesta quarta-feira (15) para realizar mais duas missões de Transporte Aéreo Logístico na Operação COVID-19 do Ministério da Defesa. Em parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Ferramentais (ABINFER), um molde para injeção do suporte da máscara Face Shield foi transportado de Canoas (RS) com destino a Recife (PE), a bordo da aeronave C-130 Hércules até o Rio de Janeiro (RJ) e, no restante do percurso, da aeronave C-97 Brasília.

O modelo será utilizado para produção de 500 mil unidades de máscaras rígidas até sexta-feira, 17. O prazo foi estipulado para atender o período de pico estimado da contaminação pelo governo Federal. A previsão de pouso na capital pernambucana é às 17h.

Já uma aeronave C-99 foi empregada no transporte de medicamentos e álcool em gel do Rio de Janeiro (RJ) até Boa Vista (RR). Foram transportadas 132 caixas de cloroquina 150 mg, além de mil bisnagas de 85 ml e 40 frascos de 5 litros de álcool em gel 70%.


VEJA MAIS