COBERTURA ESPECIAL - Pandemic War - Defesa

15 de Abril, 2020 - 10:50 ( Brasília )

Presidente da República é informado sobre ações das Forças Armadas no combate à Covid-19


Maristella Marszalek

O Ministro da Defesa, Fernando Azevedo, recebeu o Presidente da República, Jair Bolsonaro, na tarde desta segunda-feira (13), na sede da Pasta. Bolsonaro foi informado do trabalho realizado pelas Forças Armadas (FA) no combate ao coronavírus, no âmbito da Operação COVID-19. Ele participou de reunião, por videoconferência, com a participação dos comandantes das FA (Marinha, Exército e Aeronáutica), além dos comandantes dos dez Comandos Conjuntos distribuídos pelo país.

Os Comandantes Militares de área falaram sobre a atuação dos militares na sua região de abrangência, sobre a situação dos estados nesse cenário e, ainda, sobre os esforços empreendidos na missão. Nas pautas, foram destacadas ações tais como o transporte de cargas hospitalares, doação de sangue, desinfecção de locais públicos e produção de máscaras e medicamentos, entre outros.

Hoje, mais de 27,3 mil militares estão empregados na luta contra a COVID-19 e, graças à grande capilaridade das FA , está presente em todo o Brasil.

Ao final da videoconferência, Fernando Azevedo ressaltou a preocupação do Ministério da Defesa na estrutura de apoio à população brasileira nesse momento pelo qual o mundo inteiro está passando.

“Presidente, queremos mostrar que estamos organizados, atuando em todas as regiões do Brasil, com a Marinha, o Exército e a Aeronáutica”.

Jair Bolsonaro encerrou a reunião, parabenizando o trabalho de todos os envolvidos e ressaltando que o Governo Federal não medirá esforços para, junto com as Forças Armadas, atender aos interesses nacionais. “ Esperamos vencer essa crise e o apoio dos senhores nos conforta”, finalizou.

Centro de Operações Conjuntas

O Centro de Operações Conjuntas foi ativado no dia 20 de março pelo Ministério da Defesa (MD) para atuar na coordenação e no planejamento do emprego das Forças Armadas para combater a COVID-19.

Desde então, além do Comando Aeroespacial (COMAE), de funcionamento permanente, dez Comandos Conjuntos estão trabalhando para cobrir todo o território nacional em uma força tarefa contra este coronavírus, seja na disponibilização de recursos operacionais e logísticos necessários às ações a serem realizadas, seja no apoio aos hospitais de campanha e órgãos estaduais e municipais, entre outros.

Na reunião, acompanharam o Presidente da República o Ministro do Gabinete de Segurança Institucional, General Heleno, e o Secretário Geral da Presidência da República, Jorge Oliveira.

Os Comandantes das Forças Armadas também participaram da videoconferência, Almirante Ilques Barbosa Junior, Marinha, General Edson Leal Pujol, Exército e o Brigadeiro Antonio Carlos Moretti Bermudez, Aeronáutica. Além do Ministro Fernando Azevedo, pela Defesa estiveram presentes o Secretário Geral, Almirante de Esquadra Garnier, o Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Tenente Brigadeiro do Ar Botelho, e o Chefe de Operações Conjuntas, Almirante de Esquadra Petrônio Augusto Siqueira de Aguiar.


VEJA MAIS