COBERTURA ESPECIAL - Pandemic War - Naval

11 de Abril, 2020 - 11:00 ( Brasília )

Marinha do Brasil realiza ação de prevenção e combate ao Covid-19, em Paquetá-RJ





A Marinha do Brasil (MB), com o propósito de dar continuidade às ações de desinfecc?a?o de locais de grande circulação de pessoas, realizou, na manhã de quarta-feira, 8 de abril, nova ação de combate à proliferação do coronavírus, desta vez, na Estação das Barcas em Paquetá. Em coordenação com o Comando Conjunto do Leste, a ação está inserida no contexto da Operação “Covid-19”, em atendimento à diretriz emanada pelo Ministério da Defesa, que regula o emprego das Forças Armadas na prevenção e no combate ao vírus.

 Para a aça?o, a Marinha do Brasil empregou Embarcações de Desembarque de Viatura e Pessoal e Embarcações de Desembarque de Viatura e Material, assim como um Destacamento de Fuzileiros Navais composto por cerca de 30 militares, que, após o desembarque na Praia da Moreninha, em Paquetá, realizou a atividade de desinfecção Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (NBQR) na Estação das Barcas. Para a ação, foi utilizado um descontaminante a base de hipoclorito de sódio, com cloro ativo, e álcool 70%.

De acordo com o chefe de Estado-Maior do Grupamento Operativo de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (NBQR) da Marinha do Brasil, Capitão de Mar e Guerra (FN) Márcio da Mota Xerém, as ações de desinfecção que estão ocorrendo em locais de grande circulação de pessoas fazem parte de um contexto maior, envolvendo todo o território nacional e a partir de demandas acatadas por diversos comandos conjuntos em organizações militares ou distritos navais de todo o País.
 

“Nossos militares são capacitados para atenderem a essas demandas e possuem grande experiência, adquirida durante grandes eventos públicos realizados no país, como Copa do Mundo, Copa das Confederações e Olimpíadas. Por isso, foram selecionados para realizar essas atividades em prol da sociedade”.

 Usuário das barcas, o biólogo Antônio Edson ressaltou a importância do trabalho que vem sendo desenvolvido pelas Forças Armadas. “Esse trabalho de desinfecção é muito importante, pois transmite segurança e confiança às pessoas que dependem do transporte público para continuar realizando suas atividades”.

A capacidade de, a partir do mar, atuar em uma área de interesse no litoral, é inerente ao Poder Naval da Marinha. A mobilidade marítima, conferida pelo emprego de embarcações, somada ao emprego das tropas de Fuzileiros Navais, componente anfíbio do poder naval, possibilita à MB atuar em qualquer região que configure um cenário estratégico de interesse.

 A Estação das Barcas (Praça XV) foi o primeiro local a ser desinfectado, no dia 26 de março, em uma ação que contou com a participação de 49 militares do Corpo de Fuzileiros Navais, treinados em procedimentos de Defesa NBQR. No sábado, 28, o Terminal Alvorada do BRT passou por desinfecção.

 

<!--[if gte mso 9]><xml> </xml><![endif]--><!--[if gte mso 9]><xml> Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE </xml><![endif]--><!--[if gte mso 9]><xml> </xml><![endif]--><!--[if gte mso 10]> <style> /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Tabela normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-priority:99; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin-top:0cm; mso-para-margin-right:0cm; mso-para-margin-bottom:8.0pt; mso-para-margin-left:0cm; line-height:107%; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:"Calibri","sans-serif"; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-hansi-font-family:Calibri; mso-hansi-theme-font:minor-latin; mso-fareast-language:EN-US;} </style>

VEJA MAIS