COBERTURA ESPECIAL - Panorama Haiti - Defesa

24 de Agosto, 2021 - 09:09 ( Brasília )

Forças Armadas chegam ao Haiti com ajuda humanitária

Defesa apoia Missão ao Haiti com transporte de bombeiros e 10,5 toneladas de insumos para assistência humanitária

Laylla Nepomuceno E Mariana Alvarenga

Nesta segunda-feira (23), às 12h54 (horário de Brasília), o avião de transporte KC-390 Millennium, da Força Aérea Brasileira (FAB), pousou em Porto Príncipe, Haiti, levando ajuda humanitária ao local que foi atingido por terremotos e ciclone na última semana.

A aeronave transportou cerca de 10,5 toneladas de materiais e equipamentos de emergência, medicamentos e insumos para atendimento de saúde, além de bombeiros que irão atuar nos locais afetados. A iniciativa é um esforço conjunto dos Ministérios da Justiça e Segurança Pública (MJSP), da Defesa (MD), das Relações Exteriores (MRE), da Saúde (MS) e do Desenvolvimento Regional (MDR).

A delegação brasileira foi recebida no Aeroporto Internacional de Porto Príncipe pela Encarregada de Negócios da Embaixada do Brasil no Haiti, Marissol Romaris. De acordo com a representante, a chegada da ajuda brasileira é um gesto de solidariedade que irá contribuir com a população: “O Brasil tem um histórico conosco, principalmente, nesse tipo de socorro. Esperamos, além do auxílio, salvar vidas”, disse.



Apoio Estratégico

As operações com o apoio do Brasil no Haiti serão executadas por 32 militares do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), de Minas Gerais (CBMMG) e da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP). Com eles, seguem dois cachorros treinados para atuar em busca e salvamento. Os agentes permanecerão no País por cerca de três semanas, com o objetivo de prestar apoio humanitário.

Quinze desses militares participaram, em 2019, das buscas em Brumadinho (MG), por ocasião do rompimento da Barragem Córrego do Feijão no Estado. Além disso, outros quatro membros da FNSP atuaram em missão humanitária em Moçambique, no mesmo ano. A experiência e expertise anterior dos militares foi levada em consideração para a composição da Missão Humanitária Multidisciplinar em apoio ao Haiti.

O Coronel Bombeiro Militar Marcelo Teixeira Dantas, Comandante da Missão, relata que a atribuição inicial da equipe é realizar buscas e resgates em estruturas colapsadas. “A capacitação técnica do nosso pessoal é o diferencial”, afirmou.

O Sargento Natanael Ronerston Kovalski, da Força Nacional de Segurança Pública, é especializado em busca, salvamento e atendimento pré-hospitalar. Ele relata estar ansioso para o novo desafio: “A expectativa é poder empregar o máximo de recursos humanos e materiais em prol da população haitiana”, disse.

Integrando Forças

O apoio logístico das Forças Armadas na ação interministerial do Governo Federal possibilitou a pronta-resposta à solicitação do Governo do Haiti. A aeronave da Força Aérea Brasileira tem previsão de chegada a Brasília às 07h de quarta (24).

Defesa apoia Missão ao Haiti com transporte de bombeiros e 10,5 toneladas de insumos para assistência humanitária

Na manhã deste domingo (22), a aeronave de transporte KC-390 Millennium, da Força Aérea Brasileira (FAB), decolou para Porto Príncipe, no Haiti, a partir da Ala 1 - Base Aérea de Brasília. A Missão Humanitária Multidisciplinar Brasileira em apoio ao Haiti conta com bombeiros e cerca de 10,5 toneladas de equipamentos de emergência, medicamentos e insumos para atendimento de saúde.

Na cerimônia pré-embarque para a missão, o Ministro da Defesa, Walter Souza Braga Netto, pontuou que o povo brasileiro tem uma natureza acolhedora - lembrando a participação do País na Missão das Nações Unidas para Estabilização no Haiti (MINUSTAH) - oferecendo apoio na redução do sofrimento daquele povo.



"Uma vez mais, o povo haitiano se vê em necessidade de ajuda. Prontamente, o Governo Federal se mobilizou para oferecer necessária ação humanitária com meios de pessoal e material, além do apoio afetivo, vital neste momento de dor", destacou. O titular da pasta da Defesa agradeceu aos integrantes das equipes. O Presidente da República, Jair Bolsonaro, saudou o grupo que embarcou na missão. "Vocês orgulham a todos nós brasileiros", disse.

O Ministério da Saúde enviou ao Haiti cinco kits de medicamentos e insumos para emergência em saúde, com capacidade de atendimento para até 10 mil pessoas cada um. Também insulina humana tipo regular e diversos medicamentos da farmácia básica, utilizados no combate de enfermidades que podem aumentar após o terremoto. Tudo identificado com base nas necessidades prioritárias e atuais da população haitiana.

Além disso, a Agência Brasileira de Cooperação ofertou dois purificadores de água, sistema de fabricação brasileira capaz de produzir, de maneira simples, quatro litros de água potável por minuto. Esse volume atende cerca de três mil pessoas por dia, sendo utilizado na missão para autossuficiência da equipe brasileira e para distribuição à população local.

O Coordenador-Geral da Missão Humanitária Multidisciplinar é o Diretor do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (CENAD), do Ministério do Desenvolvimento Regional, que seguiu a bordo.

As operações no terreno serão  comandadas pelo Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), contando com o suporte de efetivo de Minas Gerais (CBMMG) e da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP), somando 32 bombeiros ao todo. O grupo conta com 31 especialistas em busca e salvamento e ações pós-desastre e 1 especialista em sismologia.

KC-390 Millennium

O KC-390 Millennium é o maior avião já desenvolvido no Brasil. Originado de uma parceria entre a FAB e a Embraer, contou com a colaboração de mais de 50 empresas nacionais e de três países: Portugal, Argentina e República Tcheca.

Algumas das principais características da aeronave são: maior mobilidade e flexibilidade, design robusto, tecnologia de ponta comprovada e fácil manutenção. É capaz, ainda, de executar uma variedade de missões, como: Transporte Aéreo Logístico, Busca e Salvamento, Combate a Incêndios em Voo, Evacuação Aeromédica, Ajuda Humanitária, entre outras.


Fotos: Antonio Oliveira E Fotos: Wilhan Campos | CECOMSAER

 


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Expansão Chinesa

Expansão Chinesa

Última atualização 17 SET, 11:11

MAIS LIDAS

Panorama Haiti