COBERTURA ESPECIAL - Pacífico - Geopolítica

04 de Março, 2022 - 10:10 ( Brasília )

EUA devem reconhecer Taiwan "livre", afirma ex-secretário de Estado Mike Pompeo


Os Estados Unidos deveriam reconhecer diplomaticamente Taiwan "livre e soberana", disse Mike Pompeo, ex-secretário de Estado durante a presidência de Donald Trump, durante sua visita a esta ilha.

Embora Washington deva manter sua relação com Pequim como um governo soberano, "não se pode continuar ignorando, evitando ou tratando como secundário" oferecer um reconhecimento diplomático a Taiwan, disse Pompeo, que foi um dos integrantes mais duros com a China do ex-presidente republicano.

"O governo dos Estados Unidos deveria imediatamente adotar os passos necessários e muito atrasados para fazer o correto e óbvio, que é oferecer à República da China o reconhecimento diplomático como país livre e soberano", afirmou.

República da China é o nome oficial de Taiwan, em contraposição à República Popular da China governada pelo Partido Comunista em Pequim.

Após o fim da guerra civil da China, o grupo nacionalista derrotado fugiu para Taiwan em 1949, mas continuou sendo considerado o governo legítimo de todo o país.

Durante muito tempo, parte da comunidade internacional manteve relações diplomáticas com Taipé em vez de Pequim, mas atualmente apenas 15 países não reconhecem oficialmente a China comunista.

O governo dos Estados Unidos deu este passo em 1979, embora tenha permanecido como o aliado mais importante de Taiwan e seu principal fornecedor de armas.

A visita de Pompeo ocorre em um contexto de crescente tensão a respeito da ilha governada democraticamente, considerada por Pequim como um território próprio que algum dia será recuperado, inclusive pela força se necessário.


VEJA MAIS