COBERTURA ESPECIAL - Pacífico - Geopolítica

27 de Setembro, 2021 - 11:00 ( Brasília )

Navio de guerra britânico transita pelo Estreito de Taiwan

China critica Reino Unido por presença de navio de guerra no Estreito de Taiwan

A Marinha Real (Royal Navy) anunciou que um navio de guerra britânico estava navegando pelo Estreito de Taiwan nesta segunda-feira (27). Este é um trajeto incomum para um navio militar não americano nestas sensíveis águas, onde costumam haver episódios de tensão com a China.

"Após um intenso período de trabalho com aliados no Mar da China Oriental, cruzamos o Estreito de Taiwan para visitar o Vietnã (...)", tuitou a fragata "HMS Richmond". Conforme a imprensa local, esta é a primeira vez que um navio de guerra britânico transita por essa estreita via que separa Taiwan da China continental.

Os navios de guerra americanos fazem, com frequência, os chamados exercícios de "liberdade de navegação" no Estreito, irritando o governo chinês.

Para Pequim, não apenas Taiwan, mas também as águas circundantes e grande parte do Mar do Sul da China, estão sob sua soberania. Os Estados Unidos e outros países da comunidade internacional consideram estas áreas como águas internacionais e, portanto, abertas à navegação de todas as embarcações.

China critica Reino Unido por presença de navio de guerra no Estreito de Taiwan¹



A China criticou o Reino Unido duramente nesta segunda-feira por enviar um navio de guerra ao Estreito de Taiwan, dizendo que tal comportamento "oculta intenções más" e que os militares chineses seguiram a embarcação e a alertaram a se afastar.

Uma publicação na conta de Twitter do navio informou que o HMS Richmond passou pelo estreito a caminho do Vietnã. Ele foi enviado ao Mar do Leste da China durante uma participação em operações de aplicação de sanções da Organização das Nações Unidas (ONU) contra a Coreia do Norte.

A China reivindica Taiwan como parte de seu território e intensifica sua pressão militar e política para tentar forçar a ilha de governo democrático a aceitar a soberania chinesa.

Embora navios de guerra dos Estados Unidos cruzem o estreito quase mensalmente, apesar da oposição chinesa, os países aliados aos EUA costumam relutar em seguir o exemplo.

O Comando do Teatro Leste do Exército Popular de Libertação disse que organizou forças aéreas e navais para seguirem o Richmond e alertá-lo.

"Este tipo de comportamento oculta intenções más e prejudica a paz e a estabilidade no Estreito de Taiwan", disse. "Forças do Comando do Teatro sempre mantêm um nível alto de alerta e se contrapõem resolutamente a todas as ameaças e provocações."

As relações entre Pequim e Londres já estão tensionadas por causa de uma lista longa de questões, que vão do comércio aos direitos humanos.

A China intensifica seus exercícios no entorno de Taiwan e envia aeronaves de sua Força Aérea quase diariamente ao sudoeste da zona de defesa aérea taiwanesa.

¹com Reuters



Outras coberturas especiais


Guarani

Guarani

Última atualização 27 OUT, 09:00

MAIS LIDAS

Pacífico