COBERTURA ESPECIAL - OTAN - Geopolítica

24 de Março, 2022 - 11:11 ( Brasília )

Líderes da OTAN anunciam mais tropas no flanco oriental da aliança em reação à guerra na Ucrânia

Stoltenberg terá mandato prorrogado na OTAN por um ano, diz mídia

Os líderes da aliança militar ocidental Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) reunidos em Bruxelas nesta quinta-feira concordaram em incrementar o número de tropas em seu flanco oriental diante da guerra promovida pela Rússia na Ucrânia, e alertaram Moscou contra o uso de armas químicas.

"Permanecemos unidos e decididos em nossa determinação de nos opormos à agressão russa, ajudar o governo e o povo da Ucrânia e defender a segurança de todos os aliados", afirmaram os líderes dos 30 países que formam a aliança em comunicado conjunto após reunião em Bruxelas.

Eles concordaram em estabelecer mais quatro grupos de batalha na Bulgária, Hungria, Romênia e Eslováquia, além de terem alertado a China a não apoiar a guerra russa.

Stoltenberg terá mandato prorrogado na OTAN por um ano, diz mídia

O secretário-geral da aliança militar ocidental Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), Jens Stoltenberg, vai estender seu mandato como chefe da aliança por mais um ano devido à guerra na Ucrânia, informaram a emissora norueguesa TV2 e o jornal Dagens Naeringsliv nesta quinta-feira, citando fontes não identificadas.

O mandato de Stoltenberg expira em 1º de outubro e ele então assumiria o cargo de presidente do banco central da Noruega, seu país natal, até o final de 2022.

Questionado ao chegar a uma cúpula da OTAN em Bruxelas na quinta-feira se permaneceria na OTAN, Stoltenberg disse: "Deixarei essa decisão para os 30 líderes".

A invasão da Ucrânia pela Rússia há um mês desencadeou a maior crise de refugiados da Europa desde a Segunda Guerra Mundial e levou os países ocidentais a repensar fundamentalmente suas políticas de defesa.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, enviou suas tropas para a Ucrânia em 24 de fevereiro no que ele chama de "operação militar especial" para desmilitarizar e "desnazificar" a Ucrânia. A Ucrânia e o Ocidente dizem que Putin lançou uma guerra de agressão não provocada.

Stoltenberg, economista de formação e ex-líder do Partido Trabalhista da Noruega, foi primeiro-ministro norueguês entre 2000 e 2001 e entre 2005 e 2013 antes de se tornar chefe da OTAN no ano seguinte. Ele também foi ministro das Finanças e ministro da Energia.




VEJA MAIS