COBERTURA ESPECIAL - ONU - Terrestre

13 de Julho, 2021 - 19:19 ( Brasília )

Tropas de paz das Forças Armadas brasileiras são inspecionadas pela ONU


Mariana Alvarenga

Na segunda-feira (12), equipe da ONU esteve no 33° Batalhão de Infantaria Mecanizado, em Cascavel, no Paraná, para avaliar as capacidades do Batalhão de Infantaria de Paz Mecanizado. Esse contingente tem, como principal característica, o emprego do Guarani, novo veículo blindado do Exército Brasileiro.

Para fazer parte das nações aptas a serem empregadas em missões de paz, as tropas militares são avaliadas pelas Nações Unidas. Entre 11 e 20 de julho, por solicitação do Brasil, ocorre inspeção a tropas brasileiras por comitiva daquela organização, após sete meses de treinamento.

"Essa é a tropa ideal para atuação em missão de paz, pois possui adequada mobilidade, proteção blindada e flexibilidade", salientou o Chefe de Missões de Paz, Aviação e Inspetoria Geral das Polícias Militares, General Flavio dos Santos Lajoia.

Conforme o General, para receber a equipe da ONU os trabalhos do Batalhão foram intensificados. Ele disse, ainda, que missões de paz são complexas e exigem domínio, não só de materiais e veículos, como também do chamado “Soft Power”, "que é a habilidade do soldado em conversar, chegar perto das famílias e conseguir o equilíbrio entre o uso da força e o uso da diplomacia", explicou.

A comitiva verificou o estado de prontidão da tropa e as capacidades ofertadas pelo País para atuar em missões de paz. Na ocasião, assistiram palestras sobre o preparo do Exército, conversaram com os militares treinados, inspecionaram veículos, armamentos e equipamentos.

Capacitação

O treinamento foi coordenado pelo Ministério da Defesa, com base em diretrizes estabelecidas pela ONU. Desde dezembro de 2020, os 800 militares do Batalhão de Infantaria de Paz Mecanizado foram capacitados por instrutores do Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB), instituição do Exército especializada em treinamento para esse fim.

A Major Cristiane Costa integra a tropa inspecionada. Ela participou da missão de paz no Haiti no ano de 2017 e concluiu a preparação para futuras missões. "É fantástico poder participar de mais um treinamento, já que passei por um semelhante antes de ir ao Haiti. Espero ter a oportunidade de ajudar, interagir e colaborar na missão", disse ela.

Visita de inspeção da ONU

As unidades militares capacitadas para a avaliação da ONU no Sul são: O Batalhão de Infantaria da Força de Paz, em Cascavel, no Paraná, e a Companhia de Engenharia de Força de Paz, em São Gabriel, no Rio Grande do Sul. Essas duas são vistoriadas entre 11 e 17 de julho.

Entre os dias 18 e 20, a comitiva da ONU inspeciona uma Força de Ação Rápida, constituída por um Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais, da Marinha do Brasil. Ao término da verificação, as unidades militares poderão alcançar o Nível 2, que é condição básica para emprego em missão de paz. Atualmente, três contingentes da Força Aérea Brasileira, um Batalhão de Infantaria Conjunto e um Hospital de Campanha Conjunto já possuem essa certificação.

Fotos: Igor Soares


VEJA MAIS