COBERTURA ESPECIAL - Nuclear - Naval

21 de Outubro, 2020 - 10:30 ( Brasília )

Amazul apresentará inciativa para expansão do uso de irradiação no 11º SIEN


A Amazul estará presente no 11º Seminário Internacional de Energia Nuclear (SIEN), que será realizado online de 28 a 30 de outubro. O diretor-presidente da empresa, Antonio Carlos Soares Guerreiro, apresentará a iniciativa para a expansão do uso da irradiação nuclear no Brasil para esterilização de alimentos, material médico cirúrgico, cosméticos e insumos para outras indústrias.

A tecnologia da irradiação nuclear elimina micro-organismos prejudiciais à saúde e aumenta o período de conservação de alimentos, razão pela qual o agronegócio, que representa 25% do Pruduto Interno Bruto brasileiro, é um dos seus clientes potenciais.

A apresentação da Amazul está programada para o dia 29 de outubro, às 12h, com a participação do coordenador-geral de Negócios, Nilo de Almeida, e especialistas da Diretoria Técnica da empresa.

O projeto da Amazul prevê a busca no mercado internacional de fornecedores de equipamentos e sistemas de irradiação para oferecer as melhores soluções para cada tipo de emprego da irradiação.

A Amazul, mediante aporte de recursos do cliente final, poderá fazer o projeto de engenharia, o dimensionamento dos equipamentos, o licenciamento radiológico e a contratação da empresa responsável pela construção, montagem e comissionamento dos equipamentos, bem como a fiscalização do empreendimento.

Programação

O 11º SIEN terá como tema central o novo modelo de negócios para a retomada de Angra 3, além da perspectiva de construção de oito novas usinas nucleares até 2050, dentro do Plano Nacional de Energia – PNE 2050. Especialistas projetam investimentos de cerca de R$ 300 bilhões em 30 anos, o equivalente a R$ 10 bilhões por ano, apenas para as novas plantas nucleares, além dos cerca de R$ 15,5 bilhões previstos para a conclusão da usina nuclear de Angra 3.

A medicina nuclear e mercado de radiofármacos, o projeto Centro Nacional de Tecnologia Nuclear e Ambiental (repositório nacional de rejeitos de baixo e médio níveis de radiação) e a mineração de urânio também fazem parte da programação.

Está prevista a presença do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, na abertura do evento. Também estarão presentes no 11º SIEN executivos do setor nuclear, entre eles Wilson Ferreira Júnior, presidente da Eletrobrás; Leonam dos Santos Guimarães, presidente da Eletronuclear; Carlos Freire Moreira, presidente da INB; Carlos Henrique Silva Seixas, presidente da Nuclep; Wilson Calvo, superintendente do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen); e Celso Cunha, presidente da Associação Brasileira para Desenvolvimento de Atividades Nucleares (Abdan).


Veja a programação do SIEN 2020 em: https://www.sienbrasil.com.br

VEJA MAIS