04 de Fevereiro, 2021 - 10:40 ( Brasília )

Aspirantes são informados sobre o futuro de suas carreiras na “Aspirantex/2021”


Após 20 dias de aprendizados e experiências acumuladas, os Aspirantes do 2º ano da Escola Naval receberam, hoje (3), a informação que tanto aguardavam. No Hangar de Veículos do Navio-Aeródromo Multipropósito “Atlântico”, o Comandante da Escola Naval, Contra-Almirante Guilherme da Silva Costa, divulgou, nominalmente, a definição de Corpo e Habilitação de cada um dos futuros Oficiais a bordo do navio.

“É o momento em que as carreiras se dividem. Eles batalharam muito por isso. É agora que eles conhecem quem serão seus irmãos de Corpo, os ‘campanhas’ de turma com quem poderão contar durante toda a carreira”, declarou o Contra-Almirante Guilherme.

A antiguidade na turma é o principal requisito para a distribuição entre as vagas. Um a um, os nomes foram divulgados, seguidos da revelação de Corpo e Habilitação. A relativa tranquilidade dos primeiros colocados, confiantes de que estariam dentro das vagas disponíveis de cada Corpo, foi mesclada com a apreensão dos que precisaram contar com um pouco de sorte.



O Aspirante Gustavo Melo, por exemplo, preencheu a última vaga disponível para o Corpo de Fuzileiros Navais. “Eu não sabia se ia conseguir, porque dependia da distribuição dos ‘campanhas’ que são mais antigos que eu. Nem acredito que deu certo. Comemorei como se fosse um gol”, disse o Aspirante enquanto era cumprimentado pelos colegas de turma.

Ao todo, 128 Aspirantes farão parte do Corpo da Armada, sendo 41 na Habilitação em Sistemas de Armas, 27 em Eletrônica e 60 em Mecânica. Dos 32 Aspirantes selecionados para o Corpo de Fuzileiros Navais, 8 serão habilitados em Eletrônica, 18 em Mecânica e 6 em Sistemas de Armas.



O Corpo de Intendentes receberá 31 Aspirantes. Um diferencial da “Aspirantex/2021” foi a oportunidade que as Aspirantes tiveram de escolher, em igualdade de condições com os Aspirantes do sexo masculino, entre os Corpos da Armada e de Fuzileiros Navais, além do Corpo de Intendentes. Aproveitando esse pioneirismo, 6 Aspirantes ingressarão no Corpo da Armada, sendo 4 com habilitação em Mecânica e 2 em Eletrônica. De forma pioneira, também, uma Aspirante fará parte do Corpo de Fuzileiros Navais.



ÚLTIMAS

MAIS LIDAS