COBERTURA ESPECIAL - Guerra Hibrida Brasil - Pensamento

26 de Março, 2022 - 21:00 ( Brasília )

GHBR - Gen Pinto Silva - O BRASIL TEM QUE SABER O QUE QUER, E O QUE NÃO QUER PARA O BEM DO SEU POVO. (BASTA)




O BRASIL TEM QUE SABER O QUE QUER, E O QUE NÃO QUER PARA O BEM DO SEU POVO.
(BASTA)

 

 
Gen Ex Pinto Silva 

(De corrupção; de falta de determinação no enfrentamento ao projeto da esquerda de implantar uma “Ditadura do Proletariado”[1] ou “Sociedade Regulada”[2]; de falta de ética na política; de inação das autoridades; de falta se comprometimento dos poderes constituídos; justiça politizada[3]; de aparelhamento do Congresso[4]; de falta de segurança pública; de falta de oportunidade para que as pessoas tenham ascensão social; ede falta de equilíbrio econômico.)

A vitória da direita, nas eleições para Presidente da República em 2018, criou uma “Crise de Hegemonia ou de Autoridade” na vida política do país, quando parte dos grupos sociais romperam com seu partido (particularmente o PT), e, quebrando os laços de hegemonia do partido outrora dirigente, criaramuma situação de hostil oposição.

A volta de Lula reacende a convergência dos grupos sociais, agora mais exigentes, com o(s) seu(s) partido(s) e pode gerar desenlaces inadequados e perigosos, e a situação imediata se tornar delicada e, mesmo constrangedora, com potencial de trazer o risco de soluções que ameacem com retrocesso a ação em curso do governo democraticamente eleito e tragam de volta a esquerda autoritária ao Poder.

Fora do STF, Marco Aurélio afirma que a Corte “ressuscitou politicamente Lula”. Ex-ministro sinaliza ser contra a candidatura do petista à Presidência. Eu fui voto vencido, mas a maioria decidiu, paciência.” (Revista Oeste – 14 Jul 2021)

A Soberania Popular Em Grau Máximo Para A Refundação Democrática Do Brasil[5].

Segundo a esquerda no Brasil, o alegado golpe[6] (Queda de Dilma) aprofundou a crise das instituições da República. A refundação democrática, proposta e liderada por Lula, implicará, segundo ele e seu grupo de apoiadores, em mudanças estruturais do Estado e da sociedade para assegurar políticas voltadas à garantia de direitos sociais, civis, políticos, econômicos, culturais e ambientais, e as transformações necessárias ao país. Ainda segundo eles, para assegurar as conquistas democráticas inscritas na Constituição de 1988, as reformas estruturais indicadas nesse Plano e a reforma das Instituições é necessária a deflagração de um novo Processo Constituinte.

Lembramos que “a fim de fazer avançar a consciência dos trabalhadores, a Constituinte também estabelece, como o exemplo russo tomado por Gramsci, “as condições novas em que a burguesia e o proletariado devem prosseguir a luta de classes, até quando a realidade econômica se torne tal que permita o advento do socialismo” (GRAMSCI, 1917, tradução nossa), ou seja, a “revolução proletária” na qual desemboca toda a elaboração das consignas democrático-radicais trabalhadas por Trotsky e Gramsci”.[7]

Influência Na América Latina.

Como disse Fidel Castro fundador, juntamente com Lula, do Foro de São Paulo:"Vamos recuperar na América Latina tudo que perdemos no Leste Europeu."

Daí uma das importâncias extraordinárias da eleição de 2022: A vitória do “bloco de esquerda” vai ecoar inevitavelmente em todos os cantos da América Latina.”[8]

Como é de conhecimento público, o Foro de São Paulo“é a mais vasta organização política que já existiu na América Latina e, sem dúvida, uma das maiores do mundo. Dele participam todos os governantes esquerdistas do continente. Mas não é uma organização de esquerda como outra qualquer. Ele reúne mais de uma centena de partidos legais e várias organizações criminosas ligadas ao narcotráfico e à indústria dos sequestros, como as Farc e o MIR chileno, todas empenhadas numa articulação estratégica comum e na busca de vantagens mútuas.”[9]

O que podemos fazer para evitar o surgimento de forças providenciais, representadas por lideranças carismáticas salvadoras e reacionárias?

Algumas respostas podem ser encontradas em:

 

MOMENTO POLÍTICO (2021)

RELEVÂNCIA POLÍTICA;

PONTO DE RUPTURA E EMPATIA;

- INVESTIDAS COMUNISTAS PARA TOMADA DO PODER NO BRASIL;

- EPIDEMIA SOCIAL (DEFESA.ORG.BR); e

- TAG: “PINTO SILVA” LINK :DEFESANET - BUSCA.

 
Existe algum Planejamento Estratégico para a disputa política?
  
Aparentemente não, mas a percepção da capacidade de influência de uma extensa “parte da classe média não engajada” é capital para chegar ao sucesso, de forma que esses não engajados se tornem, mais cedo ou mais tarde, envolvidos na luta política na defesa da democracia.

O momento exige que todos sejam “RELEVANTES: isto é, serem capazes de criar, comunicar e difundir ideias e valores. Valores são vínculos que despertam nas pessoas um senso de orgulho de ser brasileiro, de pertencer a um grupo, de filosofia de vida, de padrão de caminhos a seguir.

O Brasil tem que saber o que quer, e o que não quer para o bem do seu povo etudo será resultado das escolhas feitas pelos eleitores brasileiros.

ACORDA BRASIL.

Sites de interesse para o assunto:

§  Ao bom combate

§  Ponto Crítico

§  Políbio Braga

§  puggina.org

Contudo, a luta política não violenta, porém enérgica e a altura da ameaça,com a participação de toda a sociedade, já está atrasada, portanto, ACORDA BRASIL.

Uma ideia no texto EPIDEMIA SOCIAL.

Gen Pinto Silva.
 
 


[1] A expressão foi usada por Marx e Engels – e posteriormente por Lenin – para descrever o Estado proletário como parte da transição para o comunismo, após a derrubada do estado burguês, mas antes da superação do próprio modo de produção capitalista
.
[2] Sociedade Regulada - Segundo Gramsci é o lugar onde a comunidade dos indivíduos que alcançam níveis superiores de cultura, absorvem o sistema econômico e o Estado, fazendo desaparecer as classes e adquirindo a capacidade de autogoverno; sociedade comunista. A sociedade regulada, finalmente, é a esfera totalitária (universal) que realiza a unidade do indivíduo, da sociedade, da economia e do estado.
 

[5]
O Brasil Feliz De Novo 2019-2022 Documento Base Aprovado Pelo Diretório Nacional Do PT Em 03/07/2018 - 1.4 Convocar Um Novo Processo Constituinte.

[6]
Segundo a esquerda no Brasil.
 

 

VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


RESET

RESET

Última atualização 28 MAI, 18:13

MAIS LIDAS

Guerra Hibrida Brasil