COBERTURA ESPECIAL - Fronteiras

30 de Novembro, 2021 - 10:30 ( Brasília )

Sistema de Monitoramento de Fronteiras chega ao Forte de Coimbra


A comunicação por meio de videoconferência em Forte de Coimbra hoje é possível devido aos esforços dos militares que trabalharam para que o Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras, SISFRON, chegasse a esse local. A chegada coincidiu com a Operação Ricardo Franco, que faz parte do Programa de Adestramento do Comando Militar do Oeste.

O início do funcionamento da antena do SISFRON foi em 24 de novembro, marco para região. A antena trouxe a EBNet para o local, uma forma de comunicação precisa, extremamente útil no ambiente pantaneiro. “Planejamento estratégico requer ações estratégicas e é por isso que hoje estamos inaugurando, no Forte de Coimbra, a infovia”, disse o Chefe do Centro de Coordenação de Operações do Comando Militar do Oeste (CCOp CMO), General de Brigada Valério Luiz Lange.

De acordo com o Chefe da Seção de Portfólios do CCOp CMO, Coronel Luiz Olavo Martins Rodrigues, a implementação da antena do SISFRON completa um ciclo da estrutura da rede de transporte de dados que começou em 2013, com o lançamento da primeira torre em Dourados, fazendo a conexão Dourados/Campo Grande, à época.



Com isso, teremos serviços de qualidade e capacidades de internet no local, podendo, assim, realizar videoconferência com escalão superior aqui em Forte de Coimbra, como já ocorreu nesta tarde”, disse o coronel. Para o Chefe da Seção de Comando e Controle do CCOp CMO, Major Rodrigo Moura Vargas, é um grande avanço para o Exército Brasileiro que as comunicações cheguem até Forte de Coimbra, já que no local não há meios de comunicação civil, como telefonia celular, nem outro meio de comunicação militar.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Brasil - EUA

Brasil - EUA

Última atualização 20 JAN, 15:40

MAIS LIDAS

Fronteiras