COBERTURA ESPECIAL - Fronteiras - Terrestre

13 de Agosto, 2020 - 10:35 ( Brasília )

Ação cívico-social em comunidade indígena marca a presença da 1ª Brigada de Infantaria de Selva na fronteira


A 1ª Brigada de Infantaria de Selva (1ª Bda Inf Sl) realizou, entre os dias 8 e 11 de agosto, uma ação cívico-social (ACISO) na comunidade indígena Mato Grosso, localizada na Terra Indígena Raposa Serra do Sol, na fronteira com a República Bolivariana da Venezuela.

Na ocasião, os moradores receberam atendimento médico e foram feitos testes rápidos para HIV, sífilis, hepatites B e C, malária, dengue e COVID-19. As mulheres foram beneficiadas com consultas pré-natais e exames ginecológicos.

No último dia da ação, foram distribuídas cestas básicas a 66 famílias da comunidade indígena, que encontram dificuldades em adquirir gêneros básicos, devido ao fechamento da fronteira com a Venezuela.



A situação impede o acesso à Santa Helena de Uairén, cidade fronteiriça que abastece as comunidades. Outro aspecto que piora a situação é a grande quantidade de chuva, que inviabiliza o tráfego pelas estradas da região.

Todas as medidas de prevenção contra a COVID-19, preconizadas pelo Ministério da Saúde, foram adotadas por parte dos militares que participaram da operação, bem como foi realizada a desinfecção dos materiais doados à comunidade. Nenhum indígena testou positivo para a COVID-19.

Fonte: 1ª Bda Inf Sl