COBERTURA ESPECIAL - Fronteiras - Terrestre

20 de Julho, 2020 - 15:35 ( Brasília )

Troca do efetivo do Pelotão Especial de Fronteira de Forte de Coimbra, histórica edificação do Exército


Entre os dias 13 e 17 de julho, o 17º Batalhão de Fronteira realizou a troca do efetivo do Pelotão Especial de Fronteira (PEF) de Forte de Coimbra. No período da troca, são realizados os diversos apoios logísticos necessários, como: gêneros, medicamentos e demais manutenções necessárias.

O 1º Tenente Matheus Henrique Bispo Louzada, que cumpriu sua missão por um período de 6 meses como Comandante do PEF, passou o comando para o Capitão Bryann Ibrahim Fattah, que dará continuidade aos trabalhos realizados pelos próximos 2 meses.

Fundado em 13 de setembro de 1775, pelo Capitão Mathias Ribeiro da Costa, que havia sido incumbido pelo Governador da Capitania de Mato Grosso, Luís de Albuquerque Pereira de Mello e Cáceres, da missão de instalar uma fortificação no curso médio do Rio Paraguai que garantisse a posse das terras para a Coroa Portuguesa.

Ao longo de sua história, o Forte de Coimbra foi alvo de 2 ataques estrangeiros. O primeiro, em 1801, ocorreu quando estava sob o comando do Tenente-Coronel Ricardo Franco de Almeida Serra, e o segundo, em 1864, durante a Guerra da Tríplice Aliança.

Naquela ocasião, o Tenente-Coronel Hermenegildo Portocarrero encontrava-se em visita de inspeção ao forte e assumiu heroicamente o comando, organizando a defesa da posição. Com o fim da Guerra da Tríplice Aliança, em 1870, o Forte de Coimbra foi reocupado e reconstruído. Hoje, sedia um Pelotão Especial de Fronteira (PEF) subordinado ao 17º Batalhão de Fronteira.

 Fotos: Sd Calonga / 17º B Fron


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Modernização FAB

Modernização FAB

Última atualização 19 SET, 13:00

MAIS LIDAS

Fronteiras