COBERTURA ESPECIAL - Front Interno - Geopolítica

23 de Abril, 2020 - 10:30 ( Brasília )

Canabidiol brasileiro vira realidade

Com lançamento da Prati-Donaduzzi

A indústria farmacêutica brasileira Prati-Donaduzzi obtém a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o primeiro Canabidiol de produção nacional. A permissão foi publicada hoje (22) no Diário Oficial da União. A empresa, que é referência na produção de medicamentos no país, inicia imediatamente a fabricação do Canabidiol.

“Como forma de valorizar e reconhecer todas as mães que lutam pelo direito de acesso ao tratamento de seus filhos, nosso objetivo é que o Canabidiol Prati-Donaduzzi esteja disponível nas melhores farmácias do Brasil até o Dia das Mães”, revela o diretor-presidente da farmacêutica, Eder Fernando Maffissoni.

Com o lançamento da Prati-Donaduzzi, o tratamento com o Canabidiol brasileiro torna-se realidade, possibilitando mais acesso, garantia de qualidade e segurança aos pacientes que encontram no produto a melhora da qualidade de vida. A indicação terapêutica do produto será determinada pelos profissionais médicos na prescrição.

O Canabidiol da Prati-Donaduzzi estará disponível em solução oral 200 mg/ml e será produzido a partir do princípio ativo puro, livre da substância psicoativa THC (Tetrahidrocanabinol). O produto é diferenciado neste segmento de mercado, pois é uma versão do medicamento que está em estágio final do estudo clínico fase III, através de uma parceria público-privada entre a Prati-Donaduzzi e a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da Universidade de São Paulo.

“A regulamentação da Anvisa, de dezembro do ano passado, permitiu que a Prati-Donaduzzi antecipasse a autorização sanitária do produto. Há mais de seis anos investimos pesado em pesquisa científica para garantir evidências de uso, segurança e eficácia, seguindo rigorosamente o que rege nossa legislação”, explica Maffissoni.

Agilidade

Os investimentos na pesquisa científica, assim como em desenvolvimento e inovação e a excelência na produção de medicamentos possibilitaram à farmacêutica o rápido cumprimento de todos os requisitos da Anvisa para a fabricação e comercialização do produto, determinados na resolução.

“Nossa história e estrutura nos respaldam às inovações. Contamos com um trabalho intenso na Pesquisa, Desenvolvimento & Inovação (PDI), que aliado aos mais modernos e tecnológicos processos produtivos permitem avanços constantes. Nossa logística própria, com centros de distribuição espalhados em todos os estados do Brasil, ainda nos coloca presente em todo o território nacional, em 55 mil farmácias”, destaca Maffissoni. 

Qualidade e acesso

Para disponibilizar o produto no mercado, a farmacêutica realiza todos os testes de controle de qualidade necessários, utilizando sofisticadas técnicas analíticas e padrões de referência internacionalmente aceitos. Assim, a classe médica e pacientes contam agora com um produto à base de Canabidiol, produzido por uma grande indústria farmacêutica brasileira, atendendo a todos os padrões de qualidade, segurança e eficácia. 

A oferta do produto no mercado farmacêutico brasileiro é um avanço para profissionais da saúde, pacientes e familiares que há anos lutam para simplificar e facilitar a aquisição mediante à indicação médica. Com o lançamento da Prati-Donaduzzi, o produto estará disponível nas melhores farmácias do país, com uma rede de distribuição ampliada pela parceria com a distribuidora Profarma.

Prescrição

Além do lançamento do Canabidiol, a farmacêutica reconhecida como a maior produtora de medicamentos genéricos do país* dá um salto em sua nova estratégia de mercado: a prescrição médica. A partir do mês de maio, 23 novos medicamentos chegarão ao mercado, a maioria voltada ao Sistema Nervoso Central (SNC) e indicada para tratar doenças como Parkinson, Alzheimer, epilepsia, ansiedade, depressão, dor neuropática, esquizofrenia, autismo, bipolaridade, síndrome das pernas inquietas e Transtorno Obsessivo Compulsivo.

A Prati-Donaduzzi já conta com equipes capacitadas para fornecer informações técnicas à classe médica, prestando o suporte que essa nova realidade demandará. O diretor da área de Prescrição Médica, Edilson Bianqui, revela que esse novo passo eleva o reconhecimento da Prati-Donaduzzi. “Estamos com força total para ocupar uma posição de maior relevância no segmento médico e farmacêutico”, adianta.
 

Canabidiol¹

O canabidiol (CBD) é uma das mais de 400* substâncias químicas canabinoides encontradas na Cannabis sativa, e que constitui grande parte da planta, chegando a representar mais de 40% de seus extratos.

Diferente do principal canabinoide psicoativo na maconha, o delta-9-tetra-hidrocanabinol (THC), o canabidiol não produz euforia nem intoxicação. Canabinoides têm seu efeito principalmente ao interagir com receptores específicos nas células do cérebro e do corpo: o receptor CB1, encontrado principalmente nos neurônios e células gliais em várias partes do cérebro, e o receptor CB2, encontrado principalmente no sistema imune.

Os efeitos eufóricos do THC são causados pela sua ativação dos receptores CB1. O CBD tem uma afinidade muito baixa por esses receptores (100 vezes menos que o THC) e quando se liga a ele produz pouco ou nenhum efeito. Há evidência crescente que o canabidiol age em outros sistemas de sinalização cerebral, e que isso pode ser importante para seus efeitos terapêuticos.

No Brasil, o canabidiol já pode ser prescrito por médicos psiquiatras, neurologistas e neuro-cirurgiões em receita especial de duas vias. Em 2015 a ANVISA remanejou a substância para a Lista C1 do Controle Especial, fazendo com que a mesma deixasse de fazer parte da lista de substâncias proibidas (proscritas).


¹Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.



Outras coberturas especiais


TOA

TOA

Última atualização 07 AGO, 17:00

MAIS LIDAS

Front Interno