COBERTURA ESPECIAL - Fogo-Fire-Feuer-Feu - Defesa

18 de Abril, 2022 - 09:30 ( Brasília )

Censipam celebra 20 anos de contribuição para a proteção da Amazônia


O Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), órgão subordinado ao Ministério da Defesa, celebra duas décadas de criação neste domingo (17). Além do centro de coordenação-geral, em Brasília (DF), o órgão possui três centros regionais estrategicamente localizados em Manaus (AM), Porto Velho (RO) e Belém (PA). O órgão contribui para a preservação do meio ambiente.

O Censipam foi criado para promover a proteção da Amazônia Legal por meio da sinergia das ações de governo, da articulação, do planejamento, da integração de informações e da geração de conhecimento. Em 2020, ampliou a sua área de atuação para a Amazônia Azul, que abrange a extensão marítima brasileira.

“Trabalhamos protegendo um patrimônio que é nosso e somos produtores de insumos e de análises qualificadas, que ajudam as agências que atuam, diretamente, em campo a tomarem ações mais efetivas a partir das análises que o Censipam realiza. Dessa forma, contribuímos para a proteção dos recursos naturais, tema de importância estratégica para o Brasil e para o mundo”, afirmou o Diretor-Geral do Censipam, Rafael Costa.

As informações produzidas pela instituição são utilizadas por vários órgãos que atuam, em conjunto, na Amazônia, nas esferas federal, estadual e municipal, buscando reforçar parcerias e oferecer produtos desenvolvidos pelo sistema de proteção da Amazônia. Essa transversalidade permite o funcionamento articulado e integrado de diversas instituições governamentais em todas as suas instâncias.

Para tanto, a entidade utiliza dados gerados por uma infraestrutura tecnológica, a partir de sensoriamento remoto, radares, estações meteorológicas e plataformas de coleta de dados instaladas nas áreas sob monitoramento. Este conjunto de ferramentas, aliado ao conhecimento e à experiência de recursos humanos especializados, permite desencadear ações para preservação ambiental, proteção e desenvolvimento sustentável dos ambientes amazônicos e marítimos brasileiros.

Painel do Fogo

No último ano, o Censipam realizou um trabalho especial para apoiar o combate às queimadas. Lançada em setembro de 2021, a plataforma de monitoramento Painel do Fogo realiza o agrupamento automático dos focos de calor detectados por satélites, identificando os pontos de fogo em tempo muito próximo do real. Essa funcionalidade possibilita o atendimento de casos urgentes em curto espaço de tempo, além de otimizar o acionamento e a distribuição das equipes de combate, bem como a utilização dos recursos.

Na prática, o Painel do Fogo fornece informações mais assertivas, previne falsas detecções e aprimora o conhecimento sobre a situação real das áreas observadas. A plataforma é pública e disponibiliza diversas informações em um único sistema: imagens noturnas para checar a luminosidade do fogo, imagens óticas para observar a frente de fogo e plumas de fumaça, entre outras. Acesse aqui o Painel do Fogo: paineldofogo.sipam.gov.br.



Outras coberturas especiais


Especial Espaço

Especial Espaço

Última atualização 26 MAI, 12:00

MAIS LIDAS

Fogo-Fire-Feuer-Feu