COBERTURA ESPECIAL - Fogo-Fire-Feuer-Feu - Defesa

30 de Setembro, 2021 - 09:00 ( Brasília )

Governo Federal apresenta plataforma para monitoramento de incêndios e queimadas


Laylla Nepomuceno

Com o objetivo de permitir o acionamento ágil e assertivo no combate a focos de incêndio na Amazônia e no Pantanal, o Ministério da Defesa, por meio do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), lançou, nesta quarta-feira (29), a plataforma de monitoramento “Painel do Fogo”, em Porto Velho, Rondônia.

A solenidade, que integrou as atividades alusivas aos 1000 dias de Governo, contou com a participação, por videoconferência, do Presidente da República, Jair Bolsonaro, e com a presença do Ministro da Defesa, Walter Souza Braga Netto.

O sistema, desenvolvido pelo Censipam, realiza o agrupamento automático dos focos de calor detectados por satélites, identificando os pontos de fogo e classificando-os de forma prioritária para combate. Essa funcionalidade possibilita o atendimento de casos urgentes em um curto espaço de tempo, além de otimizar a atuação das equipes de campo e os recursos utilizados.

Na prática, o “Painel do Fogo” fornece informações mais assertivas, previne falsas detecções e aprimora o conhecimento sobre a situação real das áreas observadas. A plataforma é pública e está disponível no site http://paineldofogo.sipam.gov.br/. Além de agrupar diversas informações em um único sistema, o “Painel do Fogo” também captura imagens noturnas e mede a intensidade e a evolução dos eventos de fogo.



Ações Integradas

Na análise das imagens, a ferramenta de monitoramento considera a combinação dos produtos de risco (suscetibilidade), rastreio (propagação) e danos (área queimada), em uma abordagem inovadora para as ações de comando e controle das agências envolvidas nas operações de combate ao fogo. Por meio da plataforma, é possível identificar, rapidamente, os focos de fogo que exigem maior atenção das equipes.

Durante a cerimônia, o Ministro da Defesa ressaltou a importância das ações conjuntas do Governo Federal nos últimos 1000 dias. Além disso, destacou o papel das Forças Armadas nesse período: “A Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira empregam seus meios com dedicação e profissionalismo, assegurando a integridade do território nacional, protegendo as riquezas naturais e levando assistência”.

O Diretor do Censipam, Rafael Pinto Costa, salientou que a unidade do órgão localizada em Porto Velho é um exemplo de trabalho integrado. “O Ministério da Defesa, por meio do Censipam, apresenta, hoje, mais uma ferramenta de transparência e de trabalho interagências. O “Painel do Fogo” foi desenvolvido a partir da experiência dos analistas do Censipam na produção de conhecimento técnico-especializado, para suporte e atuação em campo das Forças Armadas e dos órgãos de fiscalização”, afirmou.

Ainda, durante o evento, foram apresentados os resultados da Operação Samaúma, ação conjunta do Governo Federal no combate a crimes ambientais, que ocorreu no período de 28 de junho a 31 de agosto de 2021. Foi autorizado o emprego das Forças Armadas nas terras indígenas, em unidades federais de conservação ambiental, em áreas de propriedade ou sob posse da União e em outras áreas dos Estados do Amazonas, de Mato Grosso, do Pará e de Rondônia.

No decorrer da Operação, as Forças Armadas empregaram, por dia, em média, cerca de 1.200 militares, 85 veículos, 5 aeronaves, 1 navio e outras embarcações, além do Sistema Aéreo Remotamente Tripulado da Força Aérea Brasileira, tendo sido realizados pontos de bloqueio, patrulhas, escoltas, reconhecimentos aéreos, segurança de agentes e diversas missões de combate a crimes ambientais. As atividades resultaram na redução dos índices de desmatamento - 9,7% no mês de julho e 32% no mês de agosto - em relação aos mesmos períodos do ano anterior, de acordo com o Sistema de Detecção de Desmatamentos em Tempo Real (DETER).

Participaram, também, da solenidade o Governador do Estado de Rondônia, Marcos José Rocha dos Santos; o Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), General de Exército Laerte de Souza Santos; o Deputado Federal Coronel Chrisóstomo de Moura; a Deputada Federal Mariana Carvalho; o Prefeito de Porto Velho, Hildon de Lima Chaves; o Procurador-Geral de Justiça, Ivanildo de Oliveira; o Chefe da Defensoria Pública de Rondônia, Hans Lucas Immich; o Secretário de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Alfredo de Souza Lima Coelho Carrijo; o Secretário-Executivo do Ministério do Meio Ambiente, Fernando Moura Alves; o Diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Clezio Marcos de Nardin; o Subchefe de Articulação e Monitoramento da Casa Civil, Thiago Meirelles Fernandes Pereira; o Diretor-Geral do Serviço Florestal Brasileiro, Pedro Neto; o Subchefe de Operações do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, General de Brigada Sérgio Rezende de Queiroz; o Comandante da 17ª Brigada de Infantaria e Selva, General de Brigada Jorge Augusto Ribeiro Cacho; o representante do Conselho Nacional da Amazônia Legal, Luís Antônio Ferreira Marques Ramos; e demais autoridades dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

A plataforma é pública e está disponível no site http://paineldofogo.sipam.gov.br/.

Fotos: Antônio Oliveira | Ascom/MD

VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Fronteiras

Fronteiras

Última atualização 26 NOV, 11:11

MAIS LIDAS

Fogo-Fire-Feuer-Feu