COBERTURA ESPECIAL - Modernização FAB - Aviação

26 de Julho, 2022 - 10:50 ( Brasília )

Projeto de eficiência energética é consolidado na Base Aérea de Campo Grande

Parceria com a empresa Energisa-MS irá garantir mais economia e segurança das instalações elétricas na corporação

Capitão Jurandyr - Agência Força Aérea

A Base Aérea de Campo Grande (BACG) firmou, no dia 20/07, parceria com a empresa Energisa-MS, uma concessionária de distribuição de energia elétrica no Mato Grosso do Sul. Esse acordo faz parte do Programa de Eficiência Energética (PEE) do Comando da Aeronáutica (COMAER), que visa a redução do consumo e dos custos com energia elétrica, por meio da melhoria da eficiência dos equipamentos instalados, bem como da geração de energia renovável.

O Comandante da BACG, Brigadeiro do Ar Clauco Fernando Vieira Rossetto, acompanhado do Aspirante Alisson Da Guarda, reuniu-se com o Gerente da Área Comercial da Energisa, Helier Fioravanti, e com o analista da área de eficiência energética, Valdemir Lima, para firmar o Termo de Adesão. Após os ajustes finais, o documento foi assinado pelo Brigadeiro Rossetto e pelo Diretor-Presidente da Energisa-MS, Marcelo Vinhaes.

O projeto-base abrange a aquisição e troca de 170 luminárias/refletores de LED, além da substituição dos aparelhos de ar-condicionado de baixo rendimento por equipamentos mais eficientes, dotados com o Selo Procel de Economia de Energia, que proporcionará uma economia de energia de aproximadamente 267 MWh por ano para a Força Aérea. Os recursos financeiros que serão aplicados no projeto são oriundos do PEE da concessionária, regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), conforme prevê a Lei 9.991, de 24 de julho de 2000.

Não obstante os termos iniciais da parceria, a fim de manter o bom relacionamento e os laços estreitos, tanto os representantes da Energisa-MS colocaram-se à disposição da Base Aérea para juntos vencerem qualquer desafio relacionado ao tema, seja nas melhorias internas cotidianas seja em casos de aumentos de demandas energéticas, como durante a realização de Exercícios Operacionais, momento em que há relevante de consumo de energia na BACG.

Em sua análise, o Brigadeiro Rossetto entende o movimento atual de ambas as partes como oportuno e essencial para a sociedade regional e nacional. “Estamos cumprindo nosso dever constitucional e mostrando a importância do zelo com o dinheiro público, por meio de maior economia e eficiência energética”, disse.

O Diretor-Presidente Marcelo Vinhaes explicou que a elaboração de diagnóstico energético é fundamental para avaliar a viabilidade de execução do projeto de eficiência energética nas instituições. “A parceria garante mais economia e segurança das instalações elétricas na corporação; destarte, recursos financeiros podem ser realocados em outros departamentos da organização militar. Ficamos felizes em contribuir com a Base Aérea da Capital”, pontuou.

Fotos: Energisa-MS.



Outras coberturas especiais


MJSP

MJSP

Última atualização 07 AGO, 15:00

MAIS LIDAS

Modernização FAB