COBERTURA ESPECIAL - Modernização FAB - Aviação

05 de Abril, 2022 - 09:09 ( Brasília )

Estado-Maior da Aeronáutica realiza 11º Simpósio dos Programas KC-390 e F-39

O evento é uma oportunidade para o compartilhamento de experiências sobre os desafios e responsabilidades para se cumprir a missão da FAB

Aspirante Eniele Santos E Major Oliveira Lima

O Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER) realizou, entre os dias 16 e 17 de março, o 11º Simpósio dos Programas KC-390 Millennium e F-39 Gripen, com o objetivo de amplificar a comunicação e avaliar o andamento da Execução dos Programas, de modo a garantir o cumprimento de todas as atividades e entregas previstas para o ano corrente.

Na ocasião, o Vice-Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica, Major-Brigadeiro do Ar Valter Borges Malta participou do evento e destacou a reunião como de suma importância para a Força Aérea Brasileira (FAB), sendo considerada estratégica por englobar duas aeronaves multimissão: o KC-390 Millennium e o F-39 Gripen, que irão garantir o cumprimento da missão institucional da FAB: “Manter a soberania do espaço aéreo e integrar o território nacional, com vistas à defesa da Pátria”.

Ainda segundo o Major-Brigadeiro Malta, esses serão, pelas próximas décadas, os principais Programas da FAB. “Reuniões como essas aumentam a consciência organizacional do Estado-Maior da Aeronáutica e de todas as organizações envolvidas. Assim, o EMAER, mantém a função de governança, de saber pari passu todos os aspectos desses dois principais projetos: como é, e como estará? Tais reuniões tratam do assunto mais importante da Força Aérea, que são suas aeronaves, mas também tratam de projetos que capacitam a indústria nacional. Então, ao mesmo tempo em que cumprimos a missão da FAB, elevamos a capacidade do País por meio de sua indústria”, acrescentou.

O evento contou com a presença de Oficiais-Generais envolvidos nos Programas e, de acordo com o Chefe da Sétima Subchefia do Estado-Maior da Aeronáutica, Brigadeiro do Ar Roberto da Cunha Follador, o Simpósio é fundamental, uma vez que agrega todos os atores de uma função sistêmica dos Programas envolvidos. “Com uma comunicação fortalecida, conseguimos entender o impacto entre sistemas, identificando óbices e propondo soluções durante o simpósio”, relatou o Brigadeiro Follador, que disse, ainda, que a intenção é que reuniões como essa sejam feitas a cada dois meses. “Reuniremos todo o grupo de pessoas que tem papel fundamental nos Programas para discutirmos melhorias e aperfeiçoamentos”, concluiu.

O 11º Simpósio dos Programas KC-390 Millennium e F-39 Gripen foi coordenado pelo Chefe de Gerenciamento de Portifólio de Projetos, Coronel Aviador Alexandre Pereira Reynaldo, que salientou que o evento se reveste de algo que é necessário para uma melhor coordenação entre todos os setores da Força Aérea. "Esses Programas, em particular, vão afetar a nossa capacidade em defender a soberania do Brasil. E, com essa importância, eles têm que estar bastante alinhados com todos os setores da FAB, que vão atuar nesses Programas. O simpósio surge como uma forma de fazermos uma coordenação sistêmica sob a ótica do Estado-Maior da Aeronáutica”, destacou.

Ao todo, cerca de 80 profissionais tiveram a oportunidade de intercambiar conhecimentos nos Programas, o que pode ser considerado um salto em termos de cultura institucional. Sendo assim, assuntos complexos, sistêmicos e inéditos foram debatidos, trazendo à tona a constatação de que cada Comando deve concentrar esforços para a garantia dos Programas, que são considerados ambiciosos por, certamente, proporcionarem ao País a defesa do espaço aéreo.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


US RU OTAN

US RU OTAN

Última atualização 06 JUL, 11:50

MAIS LIDAS

Modernização FAB