COBERTURA ESPECIAL - Embraer - Aviação

22 de Julho, 2022 - 10:00 ( Brasília )

E195-E2 faz pouso de estreia no London City Airport

A aeronave será a maior a pousar no aeroporto de London City Certificação do E195-E2 para operar no aeroporto prevista para final de 2022

O E195-E2, a mais recente aeronave da Embraer, partiu do Farnborough Airshow e fez seu pouso de estreia no icônico City Airport (LCY) de Londres, demonstrando a capacidade de aproximação íngreme da aeronave.

A visita, que ocorre antes da certificação da aeronave para aproximação íngreme no London City no final deste ano, incluiu testes de manuseio em solo e outros preparativos para o primeiro voo programado da aeronave para o LCY, que deverá ser realizado logo após a certificação.

A visita demonstra a importância que a Embraer atribui a estar preparada para oferecer às companhias aéreas a capacidade de operar no LCY com o E195-E2 - o E190-E2 iniciou suas operações no LCY em setembro de 2021. O aeroporto é um componente vital da conectividade de Londres e as aeronaves da Embraer podem lidar de forma ímpar com os desafios das operações no LCY.

As aeronaves da Embraer são responsáveis por 85% de todas as operações no LCY em rotas tão diversas quanto Edimburgo e Mykonos. A aeronave, a maior da família E2, com capacidade para 146 passageiros, voou para o LCY com uma mistura de 39% de combustível sustentável de aviação.

A aeronave de teste da Embraer, com a atraente pintura TechLion preta e dourada, foi recebida com a tradicional saudação com jatos de água do corpo de bombeiros do London City Airport. Alison FitzGerald, diretora de operações do London City Airport, disse: “A chegada do E195-E2 sinaliza que estamos prestes a receber mais aeronaves de nova geração que oferecem desempenho ambiental de classe mundial, transportam mais passageiros e têm potencial para conectar este aeroporto com mais mercados globais. Este momento também representa a força da parceria que temos com a Embraer e, juntos, desafiando os limites do que é possível neste aeroporto, pois com 146 assentos e uma envergadura de 35 metros, ela será confortavelmente a maior aeronave a operar a partir do LCY. Embora o foco imediato seja a certificação, esperamos ver o primeiro E195-E2 em operação no próximo ano com a KLM, o que será um verdadeiro motivo de comemoração”.

Arjan Meijer, Presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial, disse: “O London City é o lar da Embraer. É um excelente aeroporto, não apenas porque é rápido e eficiente para os passageiros viajarem, mas porque seus desafios peculiares como um aeródromo demonstram o excelente desempenho de nossos E-Jets e agora nossa mais recente família de aeronaves E2. Estamos imensamente orgulhosos de ser a marca de aeronaves dominante no LCY e esperamos ver o início dos serviços programados com o E195-E2.”

O E2 é a aeronave de corredor único mais eficiente em operação atualmente, economizando até 25% das emissões de dióxido de carbono em comparação com as aeronaves da geração anterior. A aeronave tem emissões de CO2 por assento 30% mais baixas na comparação com as aeronaves que operam atualmente no aeroporto.

No início de julho, a Embraer e a Pratt & Whitney testaram com sucesso uma aeronave E195-E2 com 100% de combustível sustentável de aviação (SAF, na sigla em inglês). Com 100% de SAF, a redução de emissões pode crescer dos atuais 25% para até 85%. Em termos de redução de ruído, o E195-E2 oferece mais de 65% de redução de ruídos na comparação com as aeronaves que utilizam o LCY.

Em setembro de 2021, o E190-E2 iniciou seus voos comerciais para o London City Airport, com companhias aéreas como a Helvetic Airways, após a sua certificação Steep Approach (aproximação íngreme) em junho de 2021, uma exigência para operar no London City Airport.

A pista do LCY mede apenas 1.508 metros de comprimento e os ângulos de descida são de até 5,5 graus. Atualmente, 85% de todos os voos que chegam ou partem de LCY são com E-Jets ou E190-E2 operados por companhias aéreas como BA Cityflyer, KLM Cityhopper e Helvetic Airways.