COBERTURA ESPECIAL - Embraer - Aviação

19 de Julho, 2022 - 11:00 ( Brasília )

Embraer e BAE Systems anunciam colaboração para o C-390 Millennium e para eVTOL da Eve

O primeiro MoU visa estabelecer uma parceria estratégica entre a Embraer e a BAE Systems para colaborar nos mercados do Oriente Médio para o C-390, com foco inicial no Reino da Arábia Saudita. As companhias pretendem criar uma joint venture para explorar

A Embraer e a BAE Systems anunciaram hoje no Farnborough Airshow a assinatura de dois memorandos de entendimento (MoUs, na sigla em inglês), que ampliam a atuação das empresas no mercado global de defesa.

O primeiro MoU visa estabelecer uma parceria estratégica entre a Embraer e a BAE Systems para promover o C-390 nos mercados do Oriente Médio, com foco inicial no Reino da Arábia Saudita. O segundo MoU confirma a intenção de criar uma joint venture para desenvolver uma variante de defesa do veículo elétrico de decolagem e aterrissagem vertical (eVTOL) da Eve.

O C-390 Millennium e sua configuração de reabastecimento em voo, o KC-390, são a nova geração de aeronaves de transporte militar multimissão que oferecem mobilidade e capacidade de carga incomparáveis, reconfiguração rápida, alta disponibilidade, conforto aprimorado, e segurança de voo, bem como custos operacionais reduzidos ao longo de seu ciclo de vida - tudo em uma única plataforma.

“O memorando para o C-390 Millennium tem como base as competências de duas líderes aeroespaciais, a Embraer e a BAE Systems. A aeronave traz um novo conceito ao mercado, oferecendo uma plataforma versátil e multimissão com custos operacionais extremamente competitivos e alta disponibilidade, uma combinação imbatível”, disse Jackson Schneider, Presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança.

Ian Muldowney, Diretor de Operações da BAE Systems para o Setor Aéreo, disse: “Esta colaboração ressalta as capacidades da aeronave C-390 Millennium, assim como o amplo conhecimento e compreensão dos mercados internacionais da BAE Systems, incluindo experiência em ampliar a capacidade militar e de industrialização por meio de soluções de suporte, manutenção e treinamento para aeronaves avançadas.”



Para a colaboração no eVTOL, as empresas pretendem criar uma joint venture que reunirá as reconhecidas competências da Embraer e da BAE Systems para um potencial desenvolvimento de uma variante de defesa, que terá a Eve como fornecedora da plataforma.

“As equipes da Embraer e da BAE Systems continuarão trabalhando juntas para explorar como a aeronave, projetada para o mercado de mobilidade urbana, pode ser uma variante de defesa com baixos custos operacionais, sustentável e adaptável”, explicou Schneider.

“O ambiente operacional de nossos clientes está cada vez mais complexo e o eVTOL é apenas um exemplo de como estamos estudando tecnologias emergentes, inclusive do mercado de aviação comercial. Exploramos como podemos adaptar essas soluções para oferecer aos nossos clientes uma capacidade operacional vital a um custo reduzido, ao mesmo tempo em que reforçamos nossos compromissos ambientais e de sustentabilidade”, acrescentou Muldowney.

Em dezembro de 2021, a Embraer e BAE Systems anunciaram planos para atuar em conjunto no desenvolvimento de uma possível variante de defesa do eVTOL da Eve. O anúncio de hoje demonstra a ampliação da colaboração de duas empresas líderes nos setores aeroespacial e de defesa.


VEJA MAIS