COBERTURA ESPECIAL - Ecos - Guerras, Conflitos, Ações

20 de Agosto, 2019 - 09:00 ( Brasília )

1º Simpósio de História Militar

1919-2019 – Cem Anos de Lutas pelo Brasil

Na manhã do dia 16 de agosto de 2019, foi realizado no 12º Batalhão de Infantaria Leve de Montanha (12º BIL Mth) o 1º Simpósio de História Militar – 12º RI (1919-2019 - Cem anos de lutas pelo Brasil), como parte integrante das atividades comemorativas do centenário de instalação do Doze de Ouro em Belo Horizonte-MG.

A finalidade do Simpósio foi divulgar as marcantes participações desta tradicional Unidade Militar em campanhas internas e externas, ao longo do tempo. Focando nos primeiros cinquenta anos do centenário de instalação, o 1º Simpósio de História Militar – 12º RI contou com apresentações sobre as raízes históricas da Unidade e sua instalação na capital mineira, a resistência heroica ao cerco da Unidade durante a Revolução de 1930, a participação na 2ª Guerra Mundial e nas Missões de Paz.

Antes da abertura do Simpósio, o General-de-Divisão Altair José Polsin, Comandante da 4ª Região Militar (4ª RM) e da Guarnição Militar de Belo Horizonte-MG, também ex-integrante do Doze de Ouro, juntamente com o Coronel Paulo Dartanham Marques de Amorim, ex-Diretor do Arquivo Histórico do Exército (AHEx), realizaram a inauguração de um busto do Marechal Castelo Branco, outro ex-integrante do 12º Regimento de Infantaria (12° RI), e que foi homenageado passando a nomear a Sala de Instrução do Batalhão – Sala de Instrução Marechal Castelo Branco (SICB), com o intuito de cultuar a memória do ex-integrante e preservar a história da Unidade.

O Marechal Castelo Branco foi um líder militar e político brasileiro, 26º Presidente do Brasil, ilustre ex-integrante do Doze de Ouro, sua primeira Unidade pós-formado, onde serviu, na ocasião 12º RI, como Aspirante-a-Oficial e Tenente, no período de 1921 a 1923. Neste ano de 2019, o Marechal Castelo Branco receberá o título de Soldado Ilustre do Doze de Ouro.
 

A plateia presente era constituída por integrantes das seguintes Instituições/Organizações Militares:

- Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);
- Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH);
- Universidade Estácio de Sá;
- Centro Universitário Unihorizontes;
- Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais (IHGMG);
- Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG);
- Agência Brasileira De Inteligência (ABIN);
- Secretaria de Administração Prisional de Minas Gerais (SEAP/MG);
- Guarda Civil Municipal de Contagem;
- Associação dos Ex-Integrantes do Batalhão Suez;
- Associação dos Oficiais do Exército Brasileiro (AOREB);
- Associação dos Reservistas do Exército Brasileiro (AREB); e
- Veteranos dos Pelotões de Operações Especiais do 12º BIL Mth;
- Comando da 4ª Região Militar (Cmdo 4ª RM);
- 12º Batalhão de Infantaria Leve de Montanha (12º Bil Mth);
- 4ª Companhia de Polícia do Exército (4ª Cia PE); e
- Companhia de Comando da 4ª Região Militar (Cia C/4ª RM).

Após a abertura oficial do simpósio, realizada pelo General Polsin, o Tenente-Coronel Martins Mota, Comandante do 12º BIL Mth, realizou uma sinopse histórica sobre o 12. Em seguida, foram ministradas as seguintes palestras:

- “Raízes Históricas: O Processo de Formação do Doze de Ouro e sua instalação na cidade de Belo Horizonte”, proferida pelo Desembargador Marcos Henrique Caldeira Brant, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais;

- “Resistência heroica de 1930: Dever, Lealdade e Sacrifício”, ministrada pelo Coronel Paulo Dartanham Marques de Amorim e pelo Coronel Júlio César de Almeida Vasconcelos, ambos ex-Diretores do Arquivo Histórico do Exército (AHEx);

- “O 12º Regimento de Infantaria e a 2ª Guerra Mundial”, realizada pelo Sr. Marcos Moretzsohn Renault Coelho, Presidente da Associação Nacional dos Veteranos da Força Expedicionária Brasileira (ANVFEB); e

- “O 12 a Serviço da Paz”, proferida pelo Tenente-Coronel Leonardo Augusto Xavier Zanini, Subcomandante 12º BIL Mth, e contou com depoimentos dos Sr. Luiz Gonzaga da Cruz e Antônio Linhares Guerra, ambos veteranos da Missão de Paz no Canal de Suez.

Após o ciclo de palestras, foi estabelecido um painel de debates, no qual todos os palestrantes responderam a perguntas e dirimiram dúvidas da plateia.

Finalizando as atividades do 1º Simpósio de História Militar – 12º RI (1919-2019 - Cem Anos de Lutas pelo Brasil), o Comandante da Unidade fez uso da palavra, agradecendo a todos os participantes e, em seguida, entregou brindes e certificados de agradecimentos aos palestrantes.

Na sequência, foi realizada a foto institucional do evento, seguida de uma visita ao Espaço Cultural Capitão Justiniano Freire e ao Salão de Honra Lomas Valentinas, onde foram entregues os certificados de participação e servido um coquetel de confraternização.

É o Doze de Ouro cultuando a memória dos seus eternos integrantes e preservando a História da Unidade.

 

Nosso grito de guerra é
MONTANHA!