COBERTURA ESPECIAL - Doutrina Militar - Terrestre

25 de Novembro, 2021 - 11:11 ( Brasília )

Operação Membeca reúne diversas tropas no RJ e MG


O tradicional exercício de adestramento avançado da 1ª Divisão de Exército (1ª DE) – Operação Membeca – reuniu diversas tropas nos estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais, com o objetivo de desenvolver as capacidades de superioridade no enfrentamento; comando e controle; sustentação logística; proteção; superioridade de informações; e atribuições subsidiárias.

Realizado no período de 8 a 20 de novembro, o exercício teve início em duas áreas de concentração estratégica, Paracambi (RJ) e Juiz de Fora (MG), e foi desenvolvido nos municípios fluminenses de Volta Redonda, Quatis e Resende e nas cidades mineiras de Juiz de Fora, Passa Vinte, Bom Jardim de Minas e Lima Duarte.

A operação contou com a participação das tropas orgânicas da 1ª Divisão de Exército – a 4ª Brigada de Infantaria Leve de Montanha, o Grupamento de Unidades Escola/9ª Brigada de Infantaria Motorizada, a Artilharia Divisionária da 1ª Divisão de Exército, o 11º Batalhão de Polícia do Exército e sua Companhia de Comando – e, ainda, com a participação da Brigada de Infantaria Pára-quedista, da Base de Apoio Logístico do Exército, do 5º Grupamento de Engenharia, bem como de militares do Comando de Operações Especiais, Comando de Aviação do Exército, 1° Batalhão de Defesa Química Biológica Radiológica e Nuclear e 1° Grupo de Artilharia Anti-aérea.

 

Na primeira fase, foi realizada a concentração dos meios, em Paracambi-RJ e Juiz de Fora-MG. Na segunda fase, ocorreu a marcha para o combate e o ataque, onde a 4ª Bda Inf L Mth conquistou as localidades de Falcão e Pedra Selada e o GUES/ 9ª Bda Inf Mtz conquistou as localidades de Quatis e Floriano.

Na terceira fase, a 4ª Bda Inf L Mth conduziu operações contra forças irregulares; o GUES/ 9ª Bda Inf Mtz conquistou e ocupou posições defensivas, efetuando, ainda, um ataque à localidade; e a Bda Inf Pqdt realizou um assalto aeroterrestre, sendo substituída em posição pelo GUES/ 9ª Bda Inf Mtz. Em todas as fases, a Ba Ap Log Ex realizou a sustentação logística e a AD/1 garantiu o apoio de fogo.

 

A Operação Membeca 2021 empregou o efetivo de 4.800 militares, envolvendo diretamente 6 oficiais-generais. Durante as 12 jornadas do exercício, em sua fase de execução, foram utilizadas 703 viaturas e 3 aeronaves. Foram desdobradas no terreno uma Base Logística Terrestre e duas Bases Logísticas de Brigada, e foram utilizadas munições de diversos calibres.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Intel

Intel

Última atualização 29 NOV, 02:00

MAIS LIDAS

Doutrina Militar