COBERTURA ESPECIAL - Doutrina Militar - Terrestre

05 de Junho, 2020 - 10:00 ( Brasília )

Brigada de Montanha do Exército Brasileiro alia atividades operacionais à preservação ambiental


No Dia Internacional do Meio Ambiente, 5 de junho, a 4ª Brigada de Infantaria Leve, Brigada de Infantaria de Montanha do Exército Brasileiro, enfatiza um trecho da Oração do Combatente de Montanha: “A nós que vencemos nas pedras.

A nós que conhecemos o sabor dos ventos”. Dessa forma, é demonstrado o respeito ao meio ambiente e a preocupação com sua preservação e proteção.

É no bioma da Mata Atlântica onde se realizam exercícios no terreno, cursos, estágios e instruções militares.



É nele, também, onde estão localizados alguns dos principais picos e serras do país, como o Pico da Bandeira, com 2.891,32 metros de altitude, na Serra do Caparaó; o Pico das Agulhas Negras, com 2.790,94 metros, na Serra da Mantiqueira; o Dedo de Deus, com 1.692 metros, na Serra dos Órgãos; o Pico Maior de Friburgo, com 2.366 metros de altitude, na Serra do Mar, além de vários outros que abrigam grande variedade de flora e fauna.

O Dia Internacional do Meio Ambiente passou a ser comemorado a partir de 1972, após realização da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano, em Estocolmo, na Suécia, sendo instituído pela Organização das Nações Unidas e teve como principal objetivo despertar a atenção mundial para os problemas ambientais e para a conservação dos recursos naturais.

Nesse contexto, a Brigada de Montanha possui o Campo de Instrução de Juiz de Fora, que também é o Centro de Educação Ambiental e Cultural, localizado em uma enorme área protegida de Mata Atlântica. No local, são realizados plantios de árvores nativas, instruções, palestras e congressos técnicos de prevenção e conscientização ambiental.

Fonte: 4ª Bda Inf L Mth

VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Gripen NG Brazil

Gripen NG Brazil

Última atualização 24 SET, 17:22

MAIS LIDAS

Doutrina Militar

6