COBERTURA ESPECIAL - Dossiê EMBRAER - Aviação

11 de Abril, 2020 - 11:15 ( Brasília )

Embraer fecha acordo de proteção dos empregos com Sindicato dos Engenheiros, Sindiaeroespacial e Sindicato dos Metalúrgicos de Botucatu




São José dos Campos-SP, 10 de abril de 2020 - O Sindiaeroespacial e o Sindicato dos Engenheiros do Estado de São Paulo concluíram hoje a votação realizada com os colaboradores da Embraer que aprovou o plano de preservação dos empregos, que prevê a suspensão temporária de contratos de trabalho com ajuda compensatória e a redução de jornada e de salário, com garantia de emprego no retorno ao trabalho.

 

Os acordos são resultados de decisões tomadas em conjunto com as entidades sindicais, governos e direção da companhia para minimizar os possíveis impactos desse momento de crise para as pessoas, clientes e sociedade.

 

O Sindiaeroespacial representa os funcionários das unidades da Embraer em São Paulo, Campinas, Sorocaba e Taubaté. Já o Sindicato dos Engenheiros representa essa categoria profissional em todas as plantas da companhia no Estado de São Paulo, incluindo São José dos Campos, Campinas e Gavião Peixoto. O Sindicato dos Metalúrgicos de Botucatu já havia colocado o acordo em votação nesta semana, obtendo 93% de aprovação.

 

As ações emergenciais e temporárias são válidas a partir de 13 de abril e terão duração entre 60 e 90 dias, e garantia de emprego pelo período correspondente ao tempo em que estiver em redução de jornada e salário ou suspensão do contrato.

 

Para os colaboradores em atividades essenciais e trabalho presencial, não haverá alterações na jornada ou salários.

 

Os profissionais que passarão a desempenhar suas atividades em home office terão redução de 25% da jornada de trabalho pelo período de 90 dias e a garantia de emprego será por período corresponde ao que o colaborador estiver nessa condição. Esses profissionais também terão direito ao auxílio do governo federal de até R$ 453,00.

 

O grupo de colaboradores que terão suspensão temporária do contrato de trabalho (layoff) por dois meses recebem garantia de emprego por período correspondente ao que estiverem nessa condição. Nessa modalidade, os colaboradores terão a ajuda compensatória mensal, já somada ao benefício emergencial de preservação do emprego pago pelo Governo Federal.

 

A Embraer permanecerá em contínuo diálogo com os clientes, fornecedores e governos para atender as necessidades essenciais do setor e da população, priorizando sempre a saúde e segurança dos seus colaboradores e a preservação de empregos.

 

Sobre a Embraer

 

Empresa aeroespacial global com sede no Brasil, a Embraer completa 50 anos de atuação nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança, Aviação Agrícola. A Companhia projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer Serviços & Suporte a clientes no pós-venda.

 

 Desde que foi fundada, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.

<!--[if gte mso 9]><xml> </xml><![endif]--><!--[if gte mso 9]><xml> Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE </xml><![endif]--><!--[if gte mso 9]><xml> </xml><![endif]--><!--[if gte mso 10]> <style> /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Tabela normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-priority:99; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin-top:0cm; mso-para-margin-right:0cm; mso-para-margin-bottom:8.0pt; mso-para-margin-left:0cm; line-height:107%; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:"Calibri","sans-serif"; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-hansi-font-family:Calibri; mso-hansi-theme-font:minor-latin; mso-fareast-language:EN-US;} </style>

VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Forças Especiais

Forças Especiais

Última atualização 25 NOV, 09:50

MAIS LIDAS

Dossiê EMBRAER