23 de Novembro, 2021 - 10:10 ( Brasília )

Defesa

Militares participam de Estágio de Preparação para Adidos de Defesa 2021


Carolina Militão


O Estágio de Preparação para Adidos de Defesa 2021 iniciou nesta segunda-feira (22) e ocorrerá até a sexta-feira (26), no Ministério da Defesa. O evento é realizado pela Chefia de Assuntos Estratégicos (CAE) da Pasta, para descrever as principais atividades das adidâncias e sua colaboração nos assuntos referentes às relações internacionais. Participaram do aprendizado militares das Forças Armadas.

O Vice-Chefe de Assuntos Estratégicos, Vice-Almirante Alan Guimarães Azevedo, parabenizou os adidos pela conquista e enfatizou que esse momento é uma grande oportunidade de networking. “É importante vocês se relacionarem com outros adidos e embaixadores. Essa comunicação fará a diferença na tomada de decisões, em resposta aos acontecimentos sobre a Defesa. Essa missão é prazerosa e exige muita sensibilidade”, acrescentou.

Na ocasião, o Coronel de Infantaria Lídio, Gerente da Seção de Adidos de Defesa (SAD), discorreu sobre “Aditâncias Militares de Defesa”. Em sua apresentação, explanou acerca da estrutura organizacional do Ministério da Defesa, do regulamento de adidos, dos procedimentos administrativos e das instruções normativas de relacionamento com o MD.

Durante o Estágio, serão realizadas palestras a respeito de Cooperação Internacional, Produtos de Defesa, Política e Estratégia, Relacionamento Internacional, Operações Conjuntas, Indústria de Defesa Nacional, entre outras.

Participaram do encontro nove militares da Marinha, 16 do Exército e 12 da Aeronáutica. Os futuros adidos serão distribuídos por 32 países: Alemanha, Angola, Argentina, Benin, Bolívia, Cabo Verde, Canadá, Chile, China, Colômbia, Coréia do Sul, Emirado Árabes Unidos, Equador, Espanha, Estados Unidos, França, Guatemala, Holanda, Indonésia, Inglaterra, Israel, Itália, Japão, Líbano, Namíbia, Paraguai, Portugal, República Tcheca, Senegal, Togo e Uruguai.



Fotos: Alexandre Manfrim