COBERTURA ESPECIAL - Cyberwar - Tecnologia

23 de Março, 2021 - 21:50 ( Brasília )

Marinha do Brasil utilizará solução de tokens criptográficos da brasileira Kryptus

Assinado pelo CASNAV, contrato atende à legislação brasileira, que exige uso de tecnologia de criptografia nacional para proteger informações sigilosas do Estado

São Paulo, 22 de março de 2021 - O Centro de Análises de Sistemas Navais (CASNAV), Instituição de Ciência, Tecnologia e Inovação subordinada ao Centro Tecnológico da Marinha no Rio de Janeiro (CTMRJ), acaba de assinar um contrato de serviços em soluções de hardware entre a Instituição de Ciência, Tecnologia e Inovação (ICT) e a Empresa Estratégica de Defesa (EED) Kryptus Segurança da Informação S.A..

O contrato foi assinado em solenidade presidida pelo Diretor do Centro Tecnológico da Marinha no Rio de Janeiro (CTMRJ), Contra-Almirante Marcelo Gurgel de Souza, com presença do Diretor do CASNAV, Capitão de Mar e Guerra Carlos Rodrigo Cerveira e o diretor geral da EED contratada, Roberto Gallo.


 


Legenda: Diretor do CASNAV e o diretor geral da empresa Kryptus Segurança da Informação S.A.


A execução do contrato proporcionará à Marinha a operação de recursos criptográficos com algoritmo de Estado desenvolvida pelo CASNAV, a serem empregados em tarefas ou missões que exijam proteção criptográfica de dados ou informações sigilosas. Além disso, uma outra vantagem no uso de tokens criptográficos do modelo KeyGuardian - solução empregada pela Kryptus no projeto - é a sua mobilidade.

Por determinação do Conselho de Defesa Nacional, a encriptação de informações classificadas em qualquer grau de sigilo precisa obrigatoriamente utilizar tecnologia nacional, provida por Empresa Estratégica de Defesa ou pelo próprio Estado.

Desenvolvido ao longo dos últimos 15 anos pela Kryptus, o KeyGuardian é a única solução no país capaz de proteger dados e comunicações IP em todos os graus de sigilo previstos na legislação, até o nível Ultra Secreto. 

“O KeyGuardian é muito mais do que um token. É uma plataforma criptográfica multimissão que, acompanhada dos demais elementos da suite ‘BruitBlanc’, é capaz de entregar dados e comunicações seguras em múltiplos cenários, para todos os graus de sigilo”, comenta Gallo.


 

Legenda: KeyGuardian, solução da Kryptus utilizada para proteger dados e comunicações IP em todos os graus de sigilo previstos na legislação.



No Brasil, a Kryptus é fornecedora de soluções criptográficas para as três Forças e Ministério da Defesa, além de outros entes e órgãos críticos, como Abin, MRE, ITI e TSE. Além disso, atua em diversos programas estratégicos, como SISFRON, AC-Defesa, LinkBR2, RDS-Defesa, Rondon, IFF Nacional e Nova ROD. A empresa é também responsável por soluções de nível governamental para a Marinha do Peru e o Exército da Colômbia, entre outros.
Sobre a Kryptus

A Kryptus Segurança da Informação S.A. é a líder brasileira em criptografia e  cibernética para aplicações de defesa, segurança e inteligência. Colabora em diversos  programas estratégicos das Forças Armadas e outros órgãos de Estado. Dentre os  principais em que atua, destacam-se o SISFRON, LinkBR2, RDS-Defesa e Rondon, IFF  modo 4 Nacional, Nova ROD e AC-Defesa. Fundada em 2003 a empresa possui sede em  Campinas/SP, escritórios em São Paulo Capital, Brasília e subsidiária em Yverdon-les Bains, Suíça. Além dos sócios históricos, possui como acionistas minoritários Embraer,  BNDES, FINEP, DesenvolveSP (por meio do Fundo Aeroespacial) e Kudelski.
 



Outras coberturas especiais


Modernização FAB

Modernização FAB

Última atualização 23 OUT, 14:00

MAIS LIDAS

Cyberwar