COBERTURA ESPECIAL - Crise - Geopolítica

09 de Agosto, 2021 - 10:10 ( Brasília )

Forças afegãs batalham para retomar Kunduz após ofensiva do Taliban


Comandos do Afeganistão lançaram um contra-ataque nesta segunda-feira para tentar repelir combatentes do Taliban que tomaram na véspera a cidade de Kunduz, no norte do país, e moradores em fuga do conflito descreveram um som quase constante de disparos e explosões.

Kunduz foi uma de ao menos três capitais provinciais capturadas pelos insurgentes no norte do Afeganistão no final de semana, e a ofensiva ganhou ímpeto na esteira do anúncio dos Estados Unidos de que encerraria sua missão militar no Afeganistão até o final de agosto.

No domingo, um porta-voz do Taliban alertou os Estados Unidos a não intervirem, após ataques aéreos norte-americanos para apoiar forças governamentais acuadas.

No oeste, perto da fronteira com o Irã, autoridades de segurança disseram à Reuters que combates intensos estavam ocorrendo nos arredores de Herat.

Arif Jalali, chefe do Hospital Zonal de Herat, disse que 36 pessoas foram mortas e que 220 ficaram feridas nos combates dos últimos onze dias. Mais da metade dos feridos são civis, disse ele, e há mulheres e crianças entre os mortos.

Em Helmand, província do sul e polo de atividade do Taliban, autoridades de segurança relataram uma explosão forte em Lashkar Gah, a capital provincial, na manhã desta segunda-feira.

Os insurgentes já tomaram dezenas de distritos e passagens de fronteira nos últimos meses, e pressionam várias capitais provinciais, como Herat e Kandahar, no sul, agora que as tropas estrangeiras se retiram.



Outras coberturas especiais


Embraer

Embraer

Última atualização 22 SET, 08:00

MAIS LIDAS

Crise