COBERTURA ESPECIAL - Expansão Chinesa - Geopolítica

09 de Fevereiro, 2021 - 10:50 ( Brasília )

Exportações alemãs sobem com comércio robusto na China; Reino Unido pressiona


As exportações alemãs avançaram em dezembro, depois que o comércio sólido com a China e os Estados Unidos ajudou a maior economia da Europa, que luta para crescer sob as restrições de um lockdown que visa conter a disseminação da Covid-19. As exportações com ajuste sazonal subiram 0,1% no mês, após um salto de 2,3% em novembro, informou a Agência Federal de Estatísticas nesta terça-feira.

As importações caíram 0,1%, após avanço de 5,4% no mês anterior. O superávit comercial saltou para 16,1 bilhões de euros, mas em 2020 como um todo o superávit caiu pelo quarto ano consecutivo.

Em dezembro, as exportações para a China aumentaram 11,6% em base anual. As destinadas aos Estados Unidos saltaram 8,4%, disse a agência. O comércio robusto com esses países contrastou com a fraqueza do Reino Unido. As exportações para o Reino Unido diminuíram 3,3% em dezembro, enquanto as importações caíram 11,4%.