COBERTURA ESPECIAL - Brasil - Arábia

26 de Novembro, 2020 - 09:45 ( Brasília )

Brazilian Defense Day abre oportunidades dos Emirados Árabes Unidos para empresas da BIDS


A ABIMDE (Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança) prossegue com as atividades relativas ao Brazilian Defense Day, evento organizado pela entidade brasileira para promover maior aproximação entre os mercados de defesa e segurança do Brasil e do exterior. Na manhã desta terça-feira (24) o evento teve como tema a integração com os Emirados Árabes Unidos.

O Brazilian Defense Day – UAE representa uma aproximação entre os governos, associações e empresas de Defesa e Segurança do Brasil e dos Emirados Árabes Unidos. Essa relação se intensificou após a visita do presidente brasileiro Jair Bolsonaro ao país árabe, em outubro do ano passado. Na ocasião, foram assinados acordos e memorandos de entendimento em diversas áreas, incluindo o de cooperação estratégica para expansão da capacidade produtiva do setor de defesa, parceria para desenvolvimento, produção e comercialização de produtos de Defesa. Esse documento abre várias perspectivas de atuação para as empresas da BIDS (Base Industrial de Defesa e Segurança) no país.

Durante o evento, a ABIMDE foi representada pelo seu presidente, Dr. Roberto Gallo, que falou do papel da entidade no estreitamento de relações entre as indústrias de defesa do Brasil e dos Emirados Árabes Unidos. “O Brazilian Defense Day é um evento muito especial para nós. A junção das capacidades soberanas garante soberania e paz para nossos países”.

Gallo apontou ainda que o Brasil tem buscado parcerias com diversos países. “Essas relações podem se basear seja em fornecimento tradicional, seja em investimentos diretos ou, melhor ainda, no desenvolvimento de projetos. O encadeamento de cadeias logísticas globais é uma meta do Estado brasileiro e da indústria, que enxergam valor nesse tipo de ação”.

No encontro, a ABIMDE anunciou a participação de empresas associadas na IDEX 2021, evento do setor que acontecerá em Abu Dhabi, num pavilhão Brasil, organizado pela ABIMDE com apoio da APEX-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) e convidou os parceiros dos Emirados Árabes Unidos para participar da 6ª mostra BID Brasil, que acontece de 17 a 19 de agosto de 2021.

O encontro contou com apoio da Câmara de Comércio Árabe Brasileira (CCAB), Apex-Brasil e dos Ministérios da Defesa (MD) e das Relações Exteriores (MRE). Também estiveram no evento parceiros como a ABIMAQ (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos) e ABIMO (Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos).

O Brazilian Defense Day – UAE contou ainda com a participação do embaixador dos Emirados Árabes Unidos no Brasil, Saleh Al Suwaidi e do subsecretário assistente para Indústrias do Ministério da Defesa, Major General Pilot Ishaq Saleh, além de representantes de empresas que atuam no país árabe.

Durante o webinar, os representantes dos dois países reforçaram a importância da parceria rumo ao crescimento econômico e soberania. “O Brazilian Defense Day é uma iniciativa inovadora, que abre diversas oportunidades para as empresas brasileiras. E o interesse demonstrado pelos participantes dos Emirados Árabes Unidos reforça isso”, explica Paulo Albuquerque, diretor de projetos e Relações Internacionais da ABIMDE.

Sinergia

O embaixador do Brasil em Abu Dhabi, Fernando Igreja, destacou a parceria entre os dois países,  estabelecida entre o presidente Bolsonaro e Sua Alteza Xeque Mohammed bin Zayed Al Nahyan. “A área de defesa, evidentemente, é um desses setores onde essa relação precisa ser continuamente aprofundada. O Brasil vê os Emirados Árabes Unidos como um dos maiores parceiros, não só comercialmente, mas também politicamente”.

O Secretário de Produtos de Defesa do Ministério da Defesa, Dr. Marcos Degaut, frisou o “momento altamente positivo” das relações entre os dois países e elogiou o Brazilian Defense Day. “Esse encontro fortalece ainda mais os laços entre as nossas nações”. Ele ponderou que as possibilidades surgidas do encontro vão “além de compra e venda” e inclui o desenvolvimento de projetos em comum. “Estamos falando de aumentar conjuntamente nosso grau de autonomia tecnológica, trazendo benefícios concretos para as forças armadas dos dois países”.

A mesma linha foi adotada pelo Secretário Thiago Carneiro, chefe da Divisão de Produtos de Defesa (Diprod) do Ministério das Relações Exteriores. “Nosso objetivo é aprofundar as relações de cooperação e amizade entre os dois países, que foram criadas em 1974. Aqui, vamos dar concretude ao que foi colocado pelas nossas autoridades”.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


07SET2021

07SET2021

Última atualização 24 SET, 18:00

MAIS LIDAS

Brasil - Arábia