COBERTURA ESPECIAL - Base Industrial Defesa - Tecnologia

19 de Outubro, 2020 - 10:40 ( Brasília )

Lançada a Frente Parlamentar Ampla da Economia de Defesa e Segurança

Videoconferência DESEG/SIMDE com deputado federal Luis Philippe de Orléans e Bragança para discutir PL 244/2010 culmina no lançamento de Frente Parlamentar com apoio do MD







Na sexta-feira, 16 de outubro 2020, a Base Industrial de Defesa marcou gol de placa. Em reunião mista - virtual e presencial -  o SIMDE – Sindicato Nacional das Indústrias de Materiais de Defesa e o DESEG/COMDEFESA da FIESP receberam na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo o Deputado Federal Luis Philippe de Orléans e Bragança, ocasião em que foi lançado simbolicamente o manifesto da Frente Parlamentar Ampla da Economia de Defesa e Segurança.

Em sua saudação inicial o Diretor-Presidente do SIMDE e Diretor Titular do Deseg da Fiesp, Carlos Erane de Aguiar, agradeceu a presença do Deputado Luis Philippe para falar do projeto de sua autoria, o PL 244/2020 que discorre sobre a possibilidade das Forças se Defesa e Segurança Pública adquirirem produtos sem incidência de impostos, gerando uma economia direta para órgãos na média de 50%.

Fez menção especial à presença do Secretário Marcos  Degaut  e  do  chefe da DEPCOM, General Duizit Brito, que têm prestado excelentes serviços à frente da SEPROD – Secretaria de Produtos de Defesa do MD. Agradeceu também o apoio do Presidente da FIESP, Paulo Skaf, “que não se olvidou de suas responsabilidades com o crescimento da indústria nestes tempos tão difíceis que temos vivido”.



O Diretor-Presidente do SIMDE destacou que “Nossa Base Industrial de Defesa há tempos vem sendo atacada, e nós sobreviventes, lutamos, e somente em 2019, exportamos mais de 1,3 bilhão de dólares, geramos 1 milhão de empregos e nos tornamos responsáveis por 3,7 % do PIB nacional.

Esse patrimônio é do povo brasileiro e precisa ser tratado com Políticas de Estado. E estas devem nortear as políticas de governo e não o contrário”. Complementou afirmando que é fundamental “seguirmos a mesma lógica da Indústria de Defesa e Segurança dos países protagonistas no cenário mundial e que é baseada em três pilares: investimento estatal em desenvolvimento e encomendas tecnológicas; aquisições de produtos de Defesa pelas Forças Armadas e órgãos de Segurança Pública; e, sobretudo, de Exportações”.



O Deputado Federal Luis Philippe de Orléans e Bragança explicou que abraçou a causa explicitada no PL 244/2020 com a convicção de que países protagonistas precisam ter uma indústria de defesa e segurança forte, porque elas são fonte de geração de empregos, divisas, inovação e desenvolvimento tecnológico.

Já o Secretário de Produtos de Defesa do MD, Marcos Degaut, demonstrou sua imensa satisfação com a mobilização da Base Industrial de Defesa em torno de questões essenciais como a isonomia tributária, regulatória e normativa, essenciais para que tenhamos o fortalecimento de uma atividade estratégica para a nação.

Ao final, o deputado federal Luis Philippe apresentou e assinou, o Manifesto da Frente Parlamentar que, numa previsão inicial, já conta com a adesão de mais de sessenta parlamentares, entre deputados e senadores. Confira aqui a íntegra do manifesto da Frente.




Outras coberturas especiais


Guerra Informação e Híbrida

Guerra Informação e Híbrida

Última atualização 27 NOV, 20:00

MAIS LIDAS

Base Industrial Defesa