Testes do instrumento principal do Telescópio Roman Space está quase concluído na BAE Systems

Conclusão dos testes ambientais e entrega do Instrumento de Campo Amplo ao Goddard Space Flight Center da NASA devem ocorrer no verão europeu

O WFI (Wide Field Instrument na sigla em inglês) do Telescópio Espacial Nancy Grace Roman, o principal instrumento científico do observatório de próxima geração da NASA, entrou nos estágios finais de testes ambientais na BAE Systems em Boulder, Colorado.

O WFI detectará luz infravermelha distante de todo o universo e fornecerá imagens de alta resolução em amplas faixas do céu, ajudando os cientistas a encontrar e estudar novos exoplanetas, entender melhor a energia escura e a matéria escura e explorar uma série de outras questões astronômicas. O instrumento captará um campo de visão pelo menos 100 vezes maior do que seu antecessor, o Telescópio Espacial Hubble, e aumentará drasticamente a velocidade com que podemos pesquisar o cosmos.

A BAE Systems e o Goddard Space Flight Center da NASA concluíram a integração da WFI e iniciaram os testes ambientais do instrumento em setembro de 2023. Até o momento, a WFI concluiu com sucesso os testes de vibração e acústicos que simulam as condições de lançamento e seu teste inicial de vácuo térmico de linha de base, que simula as condições que a WFI encontrará no espaço, incluindo a temperatura em órbita. Mais recentemente, o WFI concluiu seu segundo teste de câmara de vácuo térmico, que serviu como uma demonstração final de seu desempenho após ser submetido a testes em ambientes dinâmicos. Agora, o instrumento passará para o estágio final de testes, onde será submetido a testes de compatibilidade e interferência eletromagnética para garantir que não seja suscetível a interrupções elétricas. 

Conclusão dos testes ambientais e entrega do Instrumento de Campo Amplo ao Goddard Space Flight Center da NASA devem ocorrer no verão europeu

“O WFI é um instrumento incrivelmente sensível, e esses testes são vitais para garantir seu desempenho e salvaguardar o sucesso dessa missão inovadora”, disse o Dr. Alberto Conti, Presidente da Civil Space for BAE Systems Space & Mission Systems. “Temos orgulho de continuar nosso legado de apoio a todas as missões emblemáticas de astrofísica da NASA e estamos ansiosos para concluir esse próximo marco em seu desenvolvimento.”

Além de realizar testes de integração e ambientais, a BAE Systems projetou e construiu o conjunto opto-mecânico do instrumento, que inclui o banco óptico, a roda de elementos, o sistema de controle térmico e o mecanismo de compensação de alinhamento, entre outros recursos. O Goddard Space Flight Center da NASA construiu o sistema de plano focal (FPS), o sistema de calibração relativa, os elementos difrativos para a roda de elementos e os componentes eletrônicos de comando e manuseio de dados do instrumento.

O lançamento do Roman Space Telescope está previsto para maio de 2027.

Compartilhar:

Leia também

Inscreva-se na nossa newsletter