20 de Maio, 2022 - 11:00 ( Brasília )

Aviação

Esquadrão Netuno tem a piloto operacional mais jovem de Patrulha em atividade

Oficial tornou-se a única Comandante de Aeronave de Patrulha em atividade na Força Aérea Brasileira (FAB)

Tenente Manegati E Major Oliveira Lima


O Terceiro Esquadrão do Sétimo Grupo de Aviação (3º/7º GAV) - Esquadrão Netuno, sediado na Base Aérea de Belém (PA), celebrou na última terça-feira (17/05), a elevação operacional da Tenente Aviadora Gabriela Ariana Fernandes do Couto como Piloto de Patrulha (1PP). A Oficial, que pertence ao efetivo desde 2021, entra para a história da Unidade Aérea, tornando-se a piloto mais jovem, com 27 anos, a exercer essa função operacional e a única Comandante de Aeronave de Patrulha em atividade na Força Aérea Brasileira (FAB).

A Aviadora destaca a importância e a satisfação deste momento na carreira. 'É uma honra ter tido essa oportunidade! Não posso deixar de agradecer a todos que me auxiliaram nesse processo, principalmente àqueles que me ensinaram e apoiaram, para que eu pudesse chegar até aqui. Salve a patrulha!”, disse a Tenente, ao retornar do voo operacional.

A militar atingiu as marcas operacionais e concluiu todas as provas aéreas com sucesso, além de ter sido aprovada no Conselho Operacional, por unanimidade. Dessa forma, passa a cumprir as ações de Força Aérea designadas à Aviação de Patrulha, exercendo deveres e responsabilidades de Comandante de Aeronave.

O Chefe de Operações do Esquadrão Netuno, Major Aviador Edesemario Lopes Bispo, disse que este é um marco para a Aviação de Patrulha. "Fica evidenciado para os jovens Patrulheiros que o comprometimento e a dedicação superam quaisquer dificuldades. Parabenizo a militar pelo feito, sendo o mérito inteiramente dela”, afirmou.

O voo da Tenente Gabriela ocorre na semana alusiva ao Dia da Aviação de Patrulha. “No dia 22 de maio comemoraremos os 80 anos do Batismo de Fogo da Força Aérea e o afundamento do submarino italiano Barbarigo. O voo da Oficial evidencia a continuidade do espírito aguerrido dos jovens patrulheiros de ontem e de hoje, engendrando a imponente história da nossa gloriosa Aviação” afirmou o Comandante do Esquadrão, Tenente-Coronel Aviador Ciro Appip Lambiase.

Fotos: Soldado Keven Donald / 3º/7º GAV