18 de Junho, 2021 - 09:40 ( Brasília )

Aviação

Instituto de Medicina Aeroespacial promove curso para Médicos de Esquadrão

Curso buscou preparar militares para as patologias decorrentes da atividade aeroespacial

Major Bazilius

No período de 07 a 11, o Instituto de Medicina Aeroespacial (IMAE), localizado na cidade do Rio de Janeiro (RJ), promoveu o Curso de Medicina de Esquadrão (CMESQ) para seis alunos Médicos de Esquadrão Aéreo da Força Aérea Brasileira (FAB).

O Curso tem por objetivo proporcionar experiências de aprendizagem que habilitem os Médicos para atuarem, preventivamente, nas patologias decorrentes da atividade aeroespacial. Também objetiva manter os aeronavegantes em melhores condições de saúde para cumprirem as missões operacionais e exercerem as atividades de Médico de Esquadrão das Unidades Aéreas de instrução e operacionais da FAB.

Durante o treinamento, foram abordados temas da área de Medicina Aeroespacial, como a Atmosfera e Lei dos Gases, Hipóxia, Acelerações, Doença da Descompressão, Desorientação Espacial, Fadiga em Voo, Atendimento a Desastres, Evacuação Aeromédica, entre outros.

O curso foi composto por aulas teóricas e práticas do estágio de adaptação fisiológica. Nessa etapa, os alunos puderam vivenciar, nos laboratórios do IMAE, a ejeção, a desorientação espacial na "Cadeira de Barany", a visão noturna e a manobra de resistência às acelerações.

A Capitão Médica Thaís Costa Carreira, do Esquadrão Poker (1º/10º GAV), relatou a importância do treinamento. “O CMESQ é um curso bastante proveitoso para nós, médicos de Esquadrão e de destacamento, pois abrange diversas áreas de atuação, além dos experientes instrutores que apresentaram vários exemplos práticos de vivência, enriquecendo o conteúdo. Foi uma grande oportunidade de conhecer as distintas realidades da FAB, aprimorando ainda mais a nossa atuação diária no âmbito operacional”, declarou.

Fotos: Tenente Guindani e Sargento Caldas