17 de Maio, 2021 - 08:40 ( Brasília )

Aviação

SEREP-BR forma turma de Sargentos músicos temporários da FAB

A turma Uirapuru, que leva o nome do pássaro amazônico e da obra orquestral de Heitor Villa-Lobos, irá fazer parte da Orquestra Sinfônica da Força Aérea Brasileira (FAB)

Tenente Aviador Douglas, Tenente Wanessa Liz E Capitão Oliveira Lima


No dia 7 de maio ocorreu a conclusão do curso da primeira turma de Sargentos Músicos temporários formada pelo Serviço de Recrutamento e Preparo de Pessoal da Aeronáutica de Brasília (SEREP-BR). O Estágio de Adaptação para Praças (EAP) teve duração de 54 dias e foi realizado de 15 de março a 07 de maio.

O Comandante do Comando Aéreo Planalto (VI COMAR), Brigadeiro do Ar Mário Sérgio Rodrigues da Costa, presidiu a Cerimônia Militar alusiva à conclusão do Estágio, sendo recebido pelo Comandante do SEREP-BR, Coronel de Infantaria Valdivino José do Carmo Júnior. O Comandante da Base Aérea de Brasília (BABR), Coronel Aviador Jorge Marcelo Martins da Silva, também esteve presente no evento.

O Comandante do SEREP-BR parabenizou os militares formados, destacando a importância de manter vivos os ensinamentos passados durante o período do curso. “Sargento da turma Uirapuru, ao dirigir-se à Unidade para qual foi designado, seja o sangue novo que traz, além do conhecimento atualizado, uma forte injeção de ânimo e de entusiasmo. E não se esqueça de manter viva a chama dos ensinamentos passados por nossos instrutores”, disse.

A turma Uirapuru, nome baseado na riqueza musical do pássaro amazônico e na obra orquestral de Heitor Villa-Lobos, é composta por 38 militares musicistas de instrumentos de corda (violino, violoncelo, viola, harpa e contrabaixo) que passarão a compor a Orquestra Sinfônica da FAB, com sede na Base Aérea de Brasília.

A solenidade, apesar de realizada dentro de auditório, contou com momentos de muita emoção, desde o juramento perante a Bandeira Nacional até a entoação, pelos integrantes da turma, da canção Aquarela do Brasil.

Ao término da formatura, o Comandante do VI COMAR, Brigadeiro Mário, destacou a importância do juramento. “Que vocês possam se dedicar todos os dias das suas vidas, verdadeiramente, com o coração, com afinco e com entrega para viver aquele momento”, destaca.

O primeiro colocado do curso de formação, Sargento Rafael Dias Belo, contou como foi o período do curso. “Foi, sem dúvida, um grande desafio. A possibilidade de exercer a prática musical em um ambiente de estrutura adequada e estável foi o atrativo maior que me trouxe até aqui. Somos voluntários e a escolha de estar na FAB me fez construir a obrigação de fazer o meu melhor. Para mim, esse período se resume em superação, busca por equilíbrio emocional e dedicação ininterrupta", conta.



Fotos: Soldado Marley/BABR