COBERTURA ESPECIAL - Argentina - Naval

04 de Maio, 2020 - 23:12 ( Brasília )

ARGENTINA - Navio patrulha oceânico ARA “Bouchard” capturou barco de pesca chinês por pesca ilegal na ZEE

O navio infrator tentou sair da Zona Economica Exclusiva e fugir do navio da Marinha Argentina, que após uma perseguição conseguiu interromper sua marcha.


Armada Argentina
Gaceta Marinera

 
A Marinha Argentina, sob o comando do Ministério da Defesa, informa que, nas primeiras horas de segund-feira (04MAIO2020), o patrulha oceânica ARA P51 "Bouchard" detectou e capturou um barco pesqueiro chinês, que estava operando ilegalmente, na Zona Econômica Exclusiva da Argentina (ZEE).

O interceptação começou quando a tripulação da navio de patrulha oceânica ARA P51 "Bouchard" detectou o pesqueiro chinês "HONG PU 16", em tarefas ilegais de pesca, com o Sistema de Identificação Automática (AIS) desligado, as luzes de pesca acesas e as redes estendidas e as atividades de pesca em pleno funcionamento. 

Diante de repetidas tentativas de comunicação com a embarcação de pesca por sinais de rádio e luz, começou a navegar em direção a águas internacionais, aumentando sua velocidade e aplicando mudanças permanentes de curso, buscando refúgio entre a frota de embarcações estrangeiras estacionadas perto do local.




Equipes de abordagem do ARA P51 Bouchard em direção ao pesqueiro chinês "HONG PU 16" Foto Armada Argentina

Imediatamente, o procedimento para a interceptação do navio infrator foi implementado de acordo com os regulamentos legais vigentes, instando-o através de comunicações a interromper sua marcha e permitir a visita a bordo da equipe de Visitante, Registro e Captura (VRC) junto com o inspetor da Subsecretaria de Pesca e Aquicultura da Nação.

O navio de pesca, após aproximadamente três horas, parou de se mover, permitindo que a tripulação visitante embarcasse para verificar a infração.

O "Hong Pu 16" foi detectado na Zona Econômica Exclusiva da Argentina, na altura da cidade de Puerto Madryn, contatando-se que havia 700 kg de peixe fresco e 300 toneladas de peixe congelado em seus porões.

O barco-patrulha oceânico ARA “Bouchard” estava monitorando os espaços marítimos argentinos desde sua partida da Base Naval de Mar del Plata na última quinta-feira (30ABR2020), tarefa que foi realizada em conjunto e em coordenação com a Prefeitura Naval Argentina.

Ato coordenado entre a Marinha e a Prefeitura

Ontem, enquanto isso, o "Bouchard", que já realizava tarefas de controle dos espaços marítimos, também participou prestando apoio à Guarda Costeira "Fique" da Prefeitura Naval Argentina, durante a captura por essa unidade do navio de pesca de Bandeira portuguesa "Calvão", no âmbito das ações coordenadas entre as duas unidades e supervisionadas desde o solo pela Prefeitura e pela Marinha.

No final do processo, a nave da guarda costeira Fique aproou para o porto de Bahía Blanca,  acompanhando o navio de pesca, enquanto a unidade da Marinha permanecia com as tarefas de controle do mar.

Em primeiro plano o ARA P51 Bouchard com o Guarda Costeira Fique e o pesqueiro português Calvão. Foto Armada Argentina


Nota DefesaNet


O ARA "Bouchard" é parte da frota de 3 OPVs (Ocean Patrol Vessel) adquiridos pela Armada Argentina ao Naval Group da  França. O ARA Bouchard (Ex-Adroit),navio conceito da Marine Nationale, foi o primeiro a ser recebido no final de 2019. Os outros dois serão recebidos em 2021.

A ação contra os pesqueiros chineses é relevante pois mostra uma ação impensável até então.

As ações de pesqueiras chinesas são um caso explosivo no Teatro de Operações do Atlântico Sul (TOAS). Operam ao redor das Malvinas/Falklands e também na costa da

O Editor 

 


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Dossiê EMBRAER

Dossiê EMBRAER

Última atualização 14 AGO, 15:00

MAIS LIDAS

Argentina