COBERTURA ESPECIAL - America Latina - Terrestre

31 de Janeiro, 2022 - 08:30 ( Brasília )

Exército apoia condução de capacitação em desminagem humanitária na Colômbia


No dia 21 de janeiro, os oficiais brasileiros que integram o Grupo de Assessores Técnicos Interamericanos na Colômbia (GATI-CO), Tenente-Coronel de Engenharia do Exército Brasileiro Cláudio Santos Bispo e Capitão-Tenente (FN) da Marinha do Brasil Gustavo Lopes da Silva Freitas, iniciaram a capacitação de militares colombianos para exercerem a função de monitor nacional em desminagem humanitária.

Os oficiais de Engenharia iniciaram as instruções da primeira fase, apresentando as normas do curso e ambientando os alunos quanto às atividades a serem executadas. O curso terá a duração de sete semanas e os dez militares selecionados são da Marinha e do Exército da Colômbia, com experiências em operações de desminagem humanitária.

Os integrantes do GATI-CO seguem todos os protocolos de prevenção à covid-19 exigidos pelas autoridades nacionais e pelo Comando Geral das Forças Militares.

O curso ocorrerá nas instalações da Escola de Engenheiros Militares da Colômbia e contará com instruções e avaliações teóricas e práticas, execução de exercícios simulados, participação em seminário de desminagem e visitas de instrução.

Os assessores brasileiros terão o apoio de organismos nacionais e internacionais, como a Direção da Ação Integral Contra Minas Antipessoal (DAICMA); e de instituições militares, como o Batalhão de Desminagem e Engenheiros Anfíbios (BDIAN), que contribuirão na capacitação dos novos monitores nacionais.



A participação dos militares da Engenharia do Brasil tem contribuído para ampliar a capacidade operacional das Forças Militares colombianas, a fim de mitigar os efeitos que as minas antipessoal e os artefatos explosivos ainda causam à população do país.



Outras coberturas especiais


Guerra Hibrida Brasil

Guerra Hibrida Brasil

Última atualização 12 AGO, 11:45

MAIS LIDAS

America Latina