COBERTURA ESPECIAL - America Latina

02 de Junho, 2020 - 11:35 ( Brasília )

Instituto de Pesquisas da Marinha produz solução sanitizante em combate à Covid-19


No dia 19 de maio, o Instituto de Pesquisas da Marinha (IpqM), instituição científica, tecnológica e de inovação subordinada ao Centro Tecnológico da Marinha no Rio de Janeiro (CTMRJ), realizou a entrega de 45 bombonas de cinco litros de solução sanitizante para o Centro de Pesquisas e Caracterização de Petróleo e Combustíveis, laboratório vinculado ao Programa de Engenharia Química do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia (COPPE/UFRJ).

A entrega representa o primeiro lote da solução produzida, de um volume total programado de 1,2 mil litros. O instituto une esforços a um grupo de trabalho constituído por instituições científicas e acadêmicas, tais como: Universidade Federal do Rio de Janeiro; Universidade Federal Fluminense; Universidade do Estado do Rio de Janeiro; Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro; e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, engajadas na produção e envasilhamento de solução sanitizante e/ou álcool glicerinado, cooperando com a Secretaria Estadual de Saúde do Estado do Rio de Janeiro nas medidas de prevenção e enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

A iniciativa faz parte das ações planejadas pelo CTMRJ, que se superpõem aos objetivos da Operação “Grande Muralha”, no âmbito do Ministério da Defesa, no combate aos impactos do Covid-19, contribuindo, assim, para preservação da saúde da sociedade e de sua força de trabalho, e mantendo, na medida do exequível, o cumprimento das complexas tarefas que lhe são atribuídas.

O CTMRJ, organização militar medular no Sistema de Ciência, Tecnologia e de Inovação da Marinha, presta orientação técnica, entre outras tarefas, em diversas áreas de conhecimento, às instituições de ciência e tecnologia subordinadas e vinculadas, atuando na vanguarda da pesquisa e desenvolvimento de projetos e serviços considerados de relevância para o Poder Naval, em particular, e para o País, de modo mais abrangente, contribuindo para a independência tecnológica da Marinha e do Brasil e para o robustecimento da Base Industrial de Defesa.

Navio-Patrulha Fluvial “Amapá” opera no Rio Japurá (AM) no âmbito da Operação “Covid-19”



   O Navio-Patrulha Fluvial “Amapá”, subordinado ao Comando da Flotilha do Amazonas, suspendeu no dia 20 de maio, para realizar Inspeção Naval no Rio Japurá-AM.

A ação atende a um pedido do Tribunal de Justiça do Amazonas - Comarca de Japurá, que apontou que o grande fluxo de embarcações transportando pessoas é um dos fatores que contribuem para a proliferação do novo coronavírus no município.

A operação está inserida no contexto da Operação “Covid-19” e atende à diretriz do Ministério da Defesa, que regula o emprego das Forças Armadas na prevenção e no combate ao novo coronavírus.

   

Comando Conjunto RN-PB realiza desinfecção da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo de Natal


O Comando Conjunto Rio Grande do Norte e Paraíba realizou, no dia 28 de maio, a desinfecção da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo de Natal.

Como ação de prevenção e enfrentamento ao novo coronavírus, foram empregados militares habilitados para a descontaminação de ambientes, material e pessoal, em estágios de capacitação ministrados pela Equipe de Resposta Nuclear, Biológica, Química e Radiológica do Comando do 3º Distrito Naval.

O Comando Conjunto Rio Grande do Norte e Paraíba, composto por militares da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira, é um dos dez Comandos Conjuntos ativados, em março, pelo Ministério da Defesa, no âmbito da Operação “Covid-19”, no combate aos impactos do novo coronavírus no Brasil.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Ecos - Guerras, Conflitos, Ações

Ecos - Guerras, Conflitos, Ações

Última atualização 10 AGO, 12:12

MAIS LIDAS

America Latina