COBERTURA ESPECIAL - Africa - Naval

10 de Setembro, 2021 - 09:40 ( Brasília )

Fragata “Independência” realiza exercícios na Nigéria durante Operação “Guinex-I”


Na Operação “Guinex-I”, a Marinha do Brasil realizou exercícios combinados com a Marinha Nigeriana, em sua Zona Econômica Exclusiva (ZEE), no dia 4 de setembro. A Fragata “Independência” foi empregada em exercício de combate a ilícitos que a Nigéria tem realizado de forma intensiva em suas águas. A região em questão, além de ser uma grande produtora de petróleo, é uma localização geográfica estratégica.

Nas águas nigerianas, passa uma importante Linha de Comunicação Marítima da região do Golfo da Guiné, onde há registro de ataques piratas e outros ilícitos. Visando reduzir a ocorrência de tais ilegalidades em suas águas, a Marinha da Nigéria executa um projeto chamado Deep Blue (Azul Profundo), que consiste em um intenso patrulhamento ostensivo em áreas específicas com maior histórico de crimes.

Durante os exercícios, a Fragata “Independência” operou com os navios NNS “Prosperity”, NNS “Ekulu”, NNS “Osun”, DB “Lagos”, além de três lanchas de alta velocidade, em uma simulação de apoio ao Deep Blue. Foram gerados cenários de abordagem colaborativa e não colaborativa. O Destacamento de Mergulhadores de Combate foi utilizado para a situação de abordagem não colaborativa em um navio fictício, o qual serviria como base de criminosos que estavam operando na área.

Os exercícios foram importantes para desenvolver a confiança e a capacitação das Marinhas envolvidas, contribuindo para o incremento da segurança marítima naquela região e para o estreitamento dos laços de amizade entre os países mais populosos da África e da América Latina.


Destacamento do Grupamento de Mergulhadores de Combate simulando abordagem em navio da Marinha da Nigéria


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


RESET

RESET

Última atualização 26 OUT, 11:22

MAIS LIDAS

Africa