COBERTURA ESPECIAL - Mão Amiga - Terrestre

03 de Março, 2022 - 10:10 ( Brasília )

Operação Acolhida atinge marca de 600 mil atendimentos a migrantes e refugiados venezuelanos


No dia 4 de março, a Força-Tarefa Logística Humanitária para o Estado de Roraima – Operação Acolhida – completa quatro anos. O Brasil, reconhecido mundialmente como um país acolhedor, tem cumprido à risca o papel de estender a mão aos irmãos venezuelanos.

Desde então, em sinergia com organismos internacionais, as Forças Armadas, sobretudo por meio do Comando de Operações Terrestres (COTER) do Exército Brasileiro, têm atuado no ordenamento de fronteira, no abrigamento e na interiorização de migrantes e refugiados venezuelanos.

A operação já realizou mais de 600 mil atendimentos, que envolvem desde o apoio para a retirada de documentos, como CPF e carteira de trabalho, até serviços de assistência social e de saúde.



O foco é sempre oferecer dignidade a todos, amenizando o sofrimento de quem precisou fugir da fome, da falta de medicamentos e deixou para trás até mesmo parte da família em busca de uma vida melhor. Partindo do pressuposto de que somente receber o migrante ou o refugiado não é a solução, a Operação Acolhida também implementou o programa de interiorização.

Por meio de parceiros da iniciativa privada, são oferecidas oportunidades de trabalho e moradia aos venezuelanos, em quase 700 municípios brasileiros. Sessenta e sete mil pessoas foram beneficiadas até agora. É uma forma de reduzir o impacto do fluxo migratório nos estados limítrofes com a Venezuela, garantindo assim mais qualidade nos serviços do Estado aos habitantes locais.


Fonte: COTER

VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Especial Espaço

Especial Espaço

Última atualização 26 MAI, 12:00

MAIS LIDAS

Mão Amiga