COBERTURA ESPECIAL - Mão Amiga - Defesa

18 de Fevereiro, 2022 - 09:20 ( Brasília )

Petrópolis (RJ) recebe apoio emergencial das Forças Armadas


Rayane Bueno e Suellen Siqueira

O Ministério da Defesa (MD), por meio das Forças Armadas, em cooperação com a Defesa Civil, presta assistência à população da cidade de Petrópolis, no Rio de Janeiro (RJ). Desde a última terça-feira (15), o município enfrenta fortes chuvas e enchentes.

O grande volume de água causou deslizamentos, que desabrigaram centenas de famílias e resultaram em mais de 100 mortes confirmadas até o momento. Portaria assinada pelo MD estabelece os esforços conjuntos e a atuação de cada uma das Forças. Até o momento, foram empregados 800 militares.

Em pronta resposta, a Marinha do Brasil enviou uma equipe de Fuzileiros Navais para a região serrana do Rio. Durante toda a madrugada desta quinta-feira (17), os militares atuaram na desobstrução das principais vias atingidas, como a do bairro Valparaíso.



E construíram, ainda, um hospital de campanha para atendimento rápido às vítimas, com o objetivo de apoiar o Sistema Público de Saúde. As instalações contam com 12 leitos de enfermaria, três estações de atendimento ambulatorial, médicos, enfermeiros e farmacêuticos.

Já o Exército, por meio do 32º Batalhão de Infantaria Leve de Montanha, disponibilizou militares e cinco caminhões operacionais, além de ambulâncias e equipes de primeiros socorros, para apoiar os resgates, distribuir donativos, vasculhar áreas e auxiliar os desabrigados recebidos em uma escola da região.

Foi realizado o emprego do maquinário do 1° Batalhão de Engenharia de Combate, que contribuiu para a liberação da Rua Dom Pedro, que servirá como alternativa para o acesso à cidade.

A Aeronáutica, também, emprega esforços para amenizar os impactos causados pelo desastre ambiental. Na manhã desta quinta-feira (17), foram enviados a Petrópolis materiais de assistência.

A Força Aérea Brasileira montou um centro de controle de tráfego aéreo, que fará a coordenação do deslocamento de aeronaves, principalmente, as rotativas, que apresentam trânsito intenso no momento.

Em reunião com a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, realizada nesta tarde, foram alinhadas as formas de solicitação para o emprego de militares. A partir de sexta-feira (18), o trabalho e a utilização dos meios das Forças Armadas serão intensificados.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Especial Espaço

Especial Espaço

Última atualização 26 MAI, 12:00

MAIS LIDAS

Mão Amiga