COBERTURA ESPECIAL - Mão Amiga - Defesa

26 de Agosto, 2020 - 11:20 ( Brasília )

Forças Armadas reforçam o combate a focos de incêndio no Pantanal


Tenente Fraga


Ao dar continuidade, na segunda-feira (24), à Operação Pantanal, equipes de combate a incêndios foram distribuídas em Poconé, Mato Grosso, após atividades de reconhecimento aéreo. Em parceria com agências federais e estaduais, integrantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica também empregam aeronaves que transportam brigadistas e despejam água, durante os sobrevoos, para conter as chamas.

As atuações ocorreram no combate a quatro focos de incêndio, no município de Poconé (MT), nas seguintes regiões: Vila dos Pescadores (com dois focos), Hotel Pantanal Mato Grosso e Porto Jofre. Ainda foi infiltrada equipe para combate a foco de incêndio na área do Parque Estadual Encontro das Águas, também na localidade de Poconé (MT).

As ações de apoio contam com 315 pessoas, sendo militares, brigadistas e civis, e com o emprego de cinco aeronaves das Forças Armadas, em voos de reconhecimento, transporte de militares/brigadistas e lançamentos de água, abrangendo os estados de MS e MT.

Operação Pantanal

As Forças Armadas atuam, desde o dia 25 de julho, no combate a incêndio no Pantanal sul-mato-grossense. No dia 5 de agosto, as ações foram estendidas ao Pantanal mato-grossense. O Ministério da Defesa atende à solicitação recebida pelos dois estados.

O Centro de Coordenação da Operação está instalado no aeródromo do Sesc Pantanal, em Poconé (MT), ponto estratégico para o emprego dos meios. Participam da operação embarcações e helicópteros da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, além de Fuzileiros Navais com curso em incêndio florestal.