COBERTURA ESPECIAL - Mão Amiga

20 de Abril, 2020 - 11:20 ( Brasília )

Academia reforça apoio à comunidade com treinamento sobre Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear


A Academia Militar das Agulhas Negras  (AMAN) promoveu, de 13 a 16 de abril, um treinamento de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear (DQBRN) voltado para membros da Defesa Civil de Resende. As equipes de DQBRN do Exército Brasileiro são muito ativas e fundamentais em grandes eventos que já aconteceram no Brasil, tais como as Copas das Confederações e do Mundo, os Jogos Mundiais Militares, Olímpicos e Paraolímpicos. Por serem atividades que recebem pessoas do mundo todo, é importante a preparação das forças de defesa e segurança para a prevenção contra possíveis ataques envolvendo agentes químicos, biológicos, radiológicos e nucleares.

No caso da atividade realizada na AMAN, o Major Fredman, responsável pela capacitação, ressalta que é notável o agregar de conhecimentos técnico e pessoal à equipe da Defesa Civil de Resende.  “Nessa instrução, foi possível passar a eles toda a nossa expertise adquirida desde 2010 com a atuação do Exército nos eventos mundiais”, avalia.

A capacitação dos membros da Defesa Civil de Resende trouxe conhecimento teórico e prático, com a apresentação de trabalhos em grupo, resolução de casos reais e demais conceitos. No total, 10 integrantes da Prefeitura participaram do nivelamento.

A atividade já estava no planejamento anual da AMAN, mas se tornou fundamental devido à pandemia da COVID-19. O trabalho da Academia reforça a preocupação e a atuação da instituição junto à comunidade.

A Prefeitura de Resende também solicitou a capacitação, pois o município se diferencia de outros em razão de seu potencial industrial químico, automotivo e até nuclear e, também pela demanda causada pelo coronavírus.

O Coordenador da Defesa Civil de Resende, Flávio Germano da Silva, já integrou as Forças Armadas. Atualmente, também na linha de frente nas ações de defesa civil do município, ele valoriza a troca de experiências e afirma que capacitações assim fazem mais fortes os membros do grupo que estão de prontidão para atender a cidade.

“Somos muito gratos à AMAN, pois esse treinamento nos coloca adiante nas respostas técnicas e no atendimento prático à sociedade. Queremos atender todas as demandas em menor tempo possível e de maneira muito mais tranquila e competente”, finaliza Flávio.

“O maior ganho com esse treinamento é ver cada um desses profissionais atuando de forma eficaz no município. Se chegarmos a ter algum problema desse cunho em Resende, são eles que estarão junto aos moradores. E essa atitude é o sinônimo de Braço Forte - Mão Amiga”, enfatiza o Major Fredman.

Ao final do treinamento, houve a entrega dos certificados de participação. O evento contou com a presença do Comandante da AMAN, General Dutra, e do Prefeito de Resende, Diogo Balieiro Diniz. O chefe do Executivo da cidade fez questão de ressaltar a parceria da AMAN e o fato de ações assegurarem estabilidade sanitária para o município. “A AMAN é sempre uma grande parceira. Nós só temos a agradecer por essa formação aos nossos agentes da Defesa Civil”, afirmou o Prefeito.

Comando de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército distribui cestas para as famílias assistidas pelo PROFESP


No dia 15 de abril, o Comando de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército e a Associação de Esporte e Lazer dos Subtenentes e Sargentos do Exército em Brasília (ASSEB) e com o apoio do Banco de Alimentos do CEASA-DF, realizaram a entrega de 100 cestas de legumes e verduras para as famílias das crianças assistidas pelo Programa Forças no Esporte (PROFESP – Núcleo CCOMGEx).

O PROFESP é uma vertente do Programa Segundo Tempo do governo federal, desenvolvido pelo Ministério da Defesa, com o apoio da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, e em parceria com o Ministério da Cidadania, com o Ministério da Educação e com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. O objetivo do programa é ajudar a melhorar a qualidade de vida de jovens e de crianças carentes, promovendo a inclusão social.

A ação solidária foi realizada na Escola Classe 01 do Itapoã. Essa unidade de ensino possui cerca de 700 crianças que participam do Programa Forças no Esporte em Brasília. Para a diretora do estabelecimento de ensino, Senhora Sihami Jaber Mudarra, essa ação social é de suma importância para a comunidade local.

“Como grande parte da nossa comunidade é formada por trabalhadores autônomos que, nesta situação de isolamento social em virtude da pandemia do coronavírus tiveram sua renda prejudicada, a doação dessas cestas verdes veio em um momento crucial para essas famílias”, destacou.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Base Industrial Defesa

Base Industrial Defesa

Última atualização 08 JUL, 23:00

MAIS LIDAS

Mão Amiga