COBERTURA ESPECIAL - Especial Leaks - Geopolítica

07 de Março, 2012 - 16:24 ( Brasília )

Corpo de Bin Laden não foi jogado ao mar, revela WikiLeaks

Segundo email da Stratfor Global Intelligence, sepultamento em alto mar nunca aconteceu e corpo de fundador da Al-Qaeda foi para base militar em Dover

O corpo do fundador da Al-Qaeda, Osama bin Laden, não foi lançado ao mar como disseram as autoridades americanas, mas levado para os Estados Unidos em um avião da CIA (agência de inteligência americana), revelou o site WikiLeaks ao jornal espanhol Público.

E-mails da Stratfor Global Intelligence, empresa privada de segurança conhecida como "CIA na sombra", aos quais teve acesso o Público, revelam que o sepultamento de Bin Laden em alto mar nunca aconteceu. Ele foi assassinado por um comando especial de forças americanas em 2011 em Abbottabad, no Paquistão.

Em mensagem classificada como "superconfidencial" pelo Público, Fred Burton, um dos diretores da empresa com sede no Texas, diz: "Fui informado que trouxemos o corpo. Graças a Deus". O e-mail tem o título de "OBL", o que o jornal espanhol interpretou como as iniciais de Osama bin Laden.

Na mensagem seguinte, Burton escreve "(alpha) O corpo esta a caminho de Dover, Delaware, em um avião da CIA". Segundo o jornal espanhol, a palavra-chave “(alpha)” mostra que a informação é "limitada a uma reduzida cúpula de máxima responsabilidade na corporação".

Em seu email, Burton acrescentou ainda que ao chegar a Dover, na base da Força Aérea americana, o corpo seguiria até o Instituto de Patologia das Forças Armadas em Bethesda, perto de Washington, acrescenta Burton, que também é ex-agente especial do Serviço Secreto Diplomático do Departamento de Estado americano

“(...) Nós quereríamos ter a fotografia, o DNA, as impressões digitais, etc... Seu corpo é como a cena de um crime e não concebo que o FBI e o Departamento de Justiça permitissem semelhante coisa", acrescentou Burton em outra mensagem.

Operação

Bin Laden foi capturado por forças especiais americanas em maio de 2011, em Abottabad, no Paquistão.

Na época, o governo dos Estados Unidos disse que o corpo do líder da Al-Qaeda havia sido levado de Abbottabad ao porta-aviões Carl Vinson, no mar de Arábia, onde seguindo os costumes islâmicos foi envolvido em um sudário branco, para depois ser colocado em uma bolsa carregada com pesos e jogado ao mar.

*Com EFE



Outras coberturas especiais


Vant

Vant

Última atualização 22 SET, 16:00

MAIS LIDAS

Especial Leaks