COBERTURA ESPECIAL - Especial Leaks - Geopolítica

22 de Fevereiro, 2012 - 09:28 ( Brasília )

WikiLeaks ameaça Suécia


O WikiLeaks está a nutrir planos visando desencadear uma vasta campanha de difamação contra a Suécia a fim de prevenir uma eventual extradição deJulian Assange aos EUA, refere hoje o jornal Expressen . Alegando uma fonte digna de fé, o periódico cita ainda uma série de medidas que possam ser tomadas no caso de a Suécia ser suspeita em uma conspiração contra o WikiLeaks e Julian Assange.

Entre outras ameaças figura eventualidade de publicar relatórios diplomáticos secretos dos EUA , nos quais ao ministro sueco dos Negócios Estrangeiros,Carl Bildt, teria sido atribuído um papel de informador dos EUA a partir dos anos 70 do século passado.

Existem documentos secretos que comprovam a colaboração de Bildt com a administração norte-americana, o que contraria a legislação sueca. Os documentos poderão ser utilizados contra o governo do país e contra o próprio Bildt, se surgirem ameaças de extradição de Assange aos EUA, ressalta o periódico.

Importa acrescentar que Bildt apressou-se a comentar esta declaração, dizendo aguardar com impaciência a publicação deste documento dito acusador. Quando isso acontecer, uma boa parte da campanha de difamação será desmantelada, escreve o ministro no seu blogue na Internet.



Outras coberturas especiais


Argentina

Argentina

Última atualização 19 NOV, 21:40

MAIS LIDAS

Especial Leaks