COBERTURA ESPECIAL - TOA - Terrestre

28 de Fevereiro, 2019 - 12:10 ( Brasília )

Novos integrantes da 1ª Brigada de Infantaria de Selva aprendem a atuar em ambiente operacional amazônico


De 18 a 22 de fevereiro, os novos integrantes da 1ª Brigada de Infantaria de Selva (1ª Bda Inf Sl) realizaram o 1º turno do Estágio de Adaptação à Vida na Selva (EAVS) 2019.

Na ocasião, 131 oficiais, subtenentes e sargentos recém-transferidos para a guarnição de Boa Vista participaram das diversas atividades ao longo da semana.

As instruções foram ministradas nas bases de instrução do Comando de Fronteira de Roraima e 7º Batalhão de Infantaria de Selva (C Fron RR/7º BIS), destacando-se, dentre elas, obtenção de alimentos de origem animal e vegetal, ofidismo, orientação em ambiente de selva, transposição de cursos d’água, construção de abrigos improvisados, montagem de armadilhas e sobrevivência.

 
 

O EAVS teve por objetivo proporcionar aos quadros da 1ª Bda Inf Sl que servem na guarnição de Boa Vista os conhecimentos básicos para atuar na região do ambiente operacional amazônico; desenvolver hábitos adequados à sobrevivência na selva; transmitir conhecimentos técnico-profissionais aos futuros instrutores e monitores das organizações militares; e desenvolver a liderança dos comandantes de pequenas frações, por intermédio de instruções que auxiliarão no exercício de comando de pelotões e grupos.

A formatura de encerramento do EAVS ocorreu no pátio do quartel-general, momento em que os estagiários receberam seus certificados das mãos dos familiares.

O General de Brigada Márcio Bessa Campos, Comandante da 1ª Bda Inf Sl, realizou a entrega dos certificados aos destaques do estágio: Primeiro-Tenente Darlan Schreiber Franz, do C Fron RR/7º BIS; Terceiro-Sargento Ramon Ramos da Rocha, do 10º Grupo de Artilharia de Campanha de Selva; e a Terceiro-Sargento Evellyn Silva Pinto, do 6º Batalhão de Engenharia de Construção – esta última sendo destaque dentre o segmento feminino.


VEJA MAIS