COBERTURA ESPECIAL - TOA - Terrestre

11 de Maio, 2018 - 11:00 ( Brasília )

FT Transamazônica reforça conceitos de prontidão e coesão na Defesa da Pátria e da região


A 23ª Brigada de Infantaria de Selva (23ª Bda Inf Sl), como Força de Emprego Estratégico do Exército Brasileiro, realizou um aprestamento e apronto operacional na Guarnição de Marabá no dia 9 de maio de 2018.

Tal evento já ocorrera nas Guarnições de Altamira e Itaituba, no estado do Pará, e Imperatriz, na Amazônia. Os efetivos participantes integram a Força-Tarefa Transamazônica (FT Transamazônica), reforçando os conceitos de prontidão e coesão da 23ª Bda Inf Sl.

A FT Transamazônica visa cumprir a principal missão do Exército, que é a Defesa da Pátria e em especial a proteção da Amazônia, coerente com a amplitude da área de responsabilidade da Brigada.

 

O apronto operacional tem a finalidade de verificar o estado de constante prontidão da Grande Unidade para o emprego de tropa em diversos eventos, prioritariamente em missões de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), que está prevista nos termos da Lei Complementar nº 97/1999, no Decreto nº 3.897/2001 e na Lei Complementar nº 117/2004. O emprego em GLO será sempre em caráter episódico e temporário, para a preservação da ordem pública, da incolumidade das pessoas e do patrimônio.

Cada uma das organizações militares diretamente subordinadas à 23ª Bda Inf Sl apresentou um módulo de pessoal e material em condições de serem empregados em Operações de GLO.

As organizações militares da Guarnição reuniram-se às margens da BR-230 (Rodovia Transamazônica), próximo ao aquartelamento do 23º Batalhão Logístico de Selva, onde apresentaram seus módulos de pessoal e material, em condições de partir para o cumprimento de uma missão.

 


Fotos: 23ª Bda Inf Sl


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Especial DitaBranda

Especial DitaBranda

Última atualização 16 JUL, 19:40

MAIS LIDAS

TOA