COBERTURA ESPECIAL - TOA - Terrestre

07 de Novembro, 2017 - 11:00 ( Brasília )

AEL Sistemas leva soluções e sistemas para projetos do EB a campo, na Amazônica

AEL Sistemas participa de Exercício Logístico da AmazonLog Expo 2017

A AEL Sistemas participa da AmazonLog, o Exercício de Logística Multinacional Interagências inédito na América do Sul, com o objetivo de demonstrar a capacidade tecnológica da empresa na área de Comando e Controle e apresentar soluções e sistemas integrados para os projetos COBRA (Combatente Brasileiro) e SISFRON (Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras).

Depois de participar da Exposição de Materiais da AmazonLog, no final de setembro, a companhia marca presença no exercício na semana do dia 6 de novembro, que será conduzido pelo Comando Logístico do Exército Brasileiro (COLOG). Realizado em Tabatinga-AM, o evento foi inspirado no Exercício Logístico Capable Logistician 2015, promovido por países da Organização do Atlântico Norte (OTAN), na Hungria.

Na inóspita e desafiadora Floresta Amazônica será montada uma Base Logística Internacional composta por Unidades Logísticas Multinacionais Integradas (ULMIs) que serão utilizadas no apoio a civis e efetivos militares empregados em regiões remotas e desassistidas, como ocorre tipicamente em Operações de Paz e de Ajuda Humanitária.

“Agora em Tabatinga teremos a oportunidade de demonstrar em campo para o Exército Brasileiro e os convidados do exercício todas as capacidades dos nossos sistemas, com focos, principalmente, em Comando e Controle e sistemas para o combatente”, diz Sergio Horta, Presidente da AEL Sistemas.

Entre os produtos que serão postos em campo pela AEL está o Dominator™, sistema composto por diversos equipamentos e sensores, fornecendo uma ampla consciência situacional para todos os envolvidos, facilitando a tomada de decisões e aumentando a capacidade operacional do soldado.

Parte integrante do sistema é o Raptor, um computador individual de alto desempenho tático com recursos de visualização, computação e comunicação que permitem ao soldado ver uma imagem operacional comum em tempo real, enviar e receber dados de missão e gerenciar todas as fases do combate.

Entre os sistemas de comunicação destaca-se o PNR-1000, rádio UHF para comunicação de voz e dados, de longo alcance, leve e com amplos recursos operacionais. Já o colete balístico e a mochila tática compõem um sistema integrado e projetado para a melhoria da performance do combatente.

O kit operacional foi desenvolvido para carregar todos os equipamentos da missão, além de oferecer proteção balística. A empresa levará também o sistema CORAL CR, equipamento já em uso pelo Exército Brasileiro no âmbito do programa SISFRON, que será integrado ao sistema de Comando e Controle durante o exercício militar.

Os participantes também poderão ver de perto a Mira TH-64, que possui imageador termal não refrigerado de alto desempenho para armamento leve, tela colorida OLED de alta resolução alojada em um invólucro metálico selado e submersível a até 20m, permitindo ao usuário maximizar o engajamento do alvo, mesmo em condições ambientais severas.

Além do ETC, uma estação de trabalho de alta tecnologia para veículos militares, com capacidade de comando e controle, disseminação de dados táticos para uma variedade de veículos como carros de combate, veículos de transporte de tropas, blindados, dentre outros.

Neste tipo de exercício, o Comando Logístico do Exército (COLOG) pretende conhecer e avaliar novos produtos e soluções para futuras aquisições, entre as quais as que possam melhorar as estruturas do Exército Brasileiro na Amazônia.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Presidência da República

Presidência da República

Última atualização 21 NOV, 02:00

MAIS LIDAS

TOA