COBERTURA ESPECIAL - TOA - Terrestre

27 de Junho, 2016 - 10:40 ( Brasília )

Comando Militar do Norte comemora seu terceiro ano de ativação




Em junho, o Comando Militar do Norte (CMN) comemora seu terceiro ano de ativação, marcado pelo aumento da participação do Exército Brasileiro na Amazônia Oriental e na defesa e desenvolvimento do Pará, Amapá, Maranhão e Norte do Tocantins.

Para celebrar a data, foi promovida uma solenidade cívico-militar, no dia 22 de junho, no 2º Batalhão de Infantaria de Selva.

Durante o evento, além das homenagens ao terceiro aniversário do mais novo Comando Operacional do País, houve a entrega de condecoração a personalidades civis e militares que prestam relevantes serviços à Força Terrestre. Receberam a Comenda de Colaborador Emérito do Exército o Chefe do Estado-Maior do 4º Distrito Naval, Capitão de Mar e Guerra Dantas; o Chefe do Estado-Maior do I Comando Aéreo Regional, Coronel Mendes; o Comandante-Geral da Polícia Militar do Pará, Coronel Campos; o Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros Militares do Pará, Coronel Zanelli; o Secretário de Comunicação do Estado do Pará, Daniel Nardin; a Diretora da Escola de Dança Clara Pinto, Clara Pinto Nardi; dentre outras autoridades.

A cerimônia foi presidida pelo Comandante Militar do Norte, General de Exército Carlos Alberto Neiva Barcellos, com a presença do Comandante do 4º Distrito Naval, Vice-Almirante Alípio Jorge; do Comandante da 8ª Região Militar, General Humberto Francisco Madeira Mascarenhas; de representante do I Comando Aéreo Regional, Major-Brigadeiro Carlos Minelli; e de outros oficiais-generais, dentre outros convidados.

Theatro da Paz recebe única apresentação da Banda de Música do CMN

Como parte das comemorações do 3º ano desse Grande Comando Operacional, o Theatro da Paz, palco dos maiores espetáculos promovidos na Capital paraense, recebeu, no dia 17 de junho, a banda de música do Comando Militar do Norte, com a participação especial de convidados da Escola de Danças Clara Pinto, da cantora paraense Juliana Sinimbú, do Coral dos Alunos do Colégio Militar de Belém e de músicos de bandas militares.

O concerto iniciou com a homenagem que a Escola de Danças Clara Pinto promoveu pelos 400 anos de Belém. Através dos passos dos 20 coreográficos, foi retratada a cultura paraense por intermédio da dança contemporânea, ao mostrar que o erudito e o popular têm um grande entrosamento ao som de ritmos populares como “Carimbó”, “Siriá” e “Londu”.

Em seguida, os 50 músicos da banda de música do Comando Militar do Norte receberam 16 músicos de bandas militares paraenses, para tocarem sucessos como In the Stone, do Earth, Wind & Fire, e a adaptação de Skyfall, da cantora Adele. Tim Maia recebeu merecida homenagem com pout-pourri de “Primavera”, “Gostava Tanto de Você” e “Descobridor dos Sete Mares”.

Juliana Sinimbú, cantora paraense, subiu ao palco para cantar “Sá Marina”, sucesso de Wilson Simonal com os músicos militares. Em seguida, a música paraense foi cultuada através do “Carimbó” em um pout-pourri com as conhecidas “Sinhá Moça”, “Pescador”, “Esse Rio é Minha Rua” e “Dona Maria”. A animação continuou com Abba Gold, coletânea das músicas da mundialmente conhecida banda ABBA.

Para homenagear a união entre os presentes, os músicos tocaram a mundialmente famosa “Amigos Para Sempre” (Friends for Life), com presença especial dos alunos do Colégio Militar de Belém (CMBEL). É uma canção escrita para os Jogos Olímpicos de Verão de 1992, em Barcelona, e foi composta por Andrew Lloyd Webber e a letra, de Don Black e, no Brasil, pela conhecida versão de Agnaldo Rayol.

A apresentação da banda de música do Comando Militar do Norte no Theatro da Paz finalizou com a histórica Canção do Exército, de letra do Tenente-Coronel Alberto Augusto Martins e música de T. de Magalhães, com a participação de outros 20 alunos do CMBEL.

Terceiro ano do Comando Militar do Norte

No dia 26 de junho, o CMN comemora seu segundo ano de ativação. Entre 2013 e 2016, o CMN formou uma equipe de militares extremamente coesa e comprometida com o objetivo de implantar, crescer e fortalecer a presença da Força Terrestre na Amazônia Oriental.

Ao todo, dez mil militares do Exército Brasileiro, dentre oficiais, sargentos, cabos e soldados, trabalham para a segurança da população da Amazônia Oriental. Para isso, realiza operações, ações cívico-sociais, apoios a instituições públicas e obras para desenvolvimento social e integração com a população, sob a coordenação do Comando Militar do Norte.

Além disso, o CMN tem participado ativamente na faixa de fronteira do Brasil com a Guiana, o Suriname e a Guiana Francesa, além de promover ações cívico-sociais (ACISO) com o objetivo de ajudar no desenvolvimento da população local, realizando, também, apoios a instituições públicas e obras para o desenvolvimento social e integração com a população.



Outras coberturas especiais


Base Industrial Defesa

Base Industrial Defesa

Última atualização 18 DEZ, 10:00

MAIS LIDAS

TOA