COBERTURA ESPECIAL - TOA - Defesa

18 de Setembro, 2015 - 00:35 ( Brasília )

Operação CURARE VI – Relatório Final



No dia 17 de setembro de 2015, a 1ª Brigada de Infantaria de Selva (1ª Bda Inf Sl) deu término a Operação Curare VI. A referida operação iniciou no dia 08 de setembro e tinha o objetivo de coibir os ilícitos transfronteiriços e ambientais, além de aumentar a presença do Estado na faixa de fronteira. Nos 10 (dez) dias de operação, a 1ª Bda Inf Sl colheu significativos resultados, dentre eles destacados:

 
- Destruição de 04 pistas clandestinas que davam apoio a garimpagem ilegal (Noronha, Auaris, Valmor e Serra da Beleza)

- Destruição de 12 balsas de garimpagem ilegal baseadas no Rio Uraricoera

- Apreensão de 1200m3 de madeira preveniente de extração ilegal (Rorainópolis)

- Apreensão de veículos, embarcações, combustível, motor de popa

- 02 tratores que davam apoio a extração ilegal de madeira

- 01 caminhão que dava apoio de transporte a extração ilegal de madeira

- Apreensões de diversos materiais provenientes de descaminho

- 5300 veículos inspecionados nas rodovias estaduais e federais

- 01 prisão por porte ilegal de arma (rorainópolis)

- 80 Patrulhas motorizadas

- 10 Patrulhas fluviais

- 18 Patrulhas a pé
 
As apreensões e neutralizações são quantificadas em R$ 4.300.000. Além da ação repressiva a 1ª Bda Inf Sl levou a mão amiga as comunidades roraimenses, destacando-se diversas ações cívico sociais (ACISO) em comunidades e regiões, tais como: Santa Maria do Boiaçú, Comunidade Indígena de Jacamim e Comunidade Indígena do Truarú. Nas referidas ACISO foram oferecidos atendimentos médicos e odontológicos, palestras educacionais e manutenção das instalações das escolas estaduais e municipais que sediaram a ação.
 

Vídeo da Ação Cívico Social na Comunidade Indígena do Truarú Operação Curare VI - Setembro 2015








Matérias Relacionadas

Operação CURARE VI – Crimes Transfronteiriços e Diplomacia Militar  Link




Outras coberturas especiais


Doutrina Militar

Doutrina Militar

Última atualização 21 NOV, 16:30

MAIS LIDAS

TOA